Eulálio Hereda - Parceria


Eulálio Hereda - Parceiro do blog


Eulálio é de Salvador, Bahia, nasceu em 07 de março de 1979. Sua formação acadêmica iniciou na Universidade Católica (UCSAL) e depois na Federal (UFBA) para cursar Engenharia Civil. Foi no ensino médio que despertou o interesse por escrever.

"Não irei desistir facilmente, as críticas servem para analisar os pontos positivos e negativos. Cada livro publicado possui um público alvo, existem leitores mais exigentes e bastante seletivos que podem se interessar por uma obra ou até mesmo por todas."

Informações retirada do blog, do próprio escritor.
                                     
Chapada - A Descoberta de uma Paixão
Volume 1
Número de Páginas:208
Formato impresso: A5 148x210
Formato digital: PDF e epub
Onde encontrar:






A Forma Abstrata de se Curtir a Vida

Número de páginas: 215
ISBN: 978-85-919477-1-3
Formato impresso: A5 148x210
Formato digital: PDF e epub
Onde encontrar:




O escritor Eulálio tem um blog onde disponibiliza todos os seus livros publicados, faz resenhas de suas leituras e uma página dedicada a novos parceiros. 

Conheça mais obra do escrito clicando no link

Conheça o blog do escritor clicando no link http://eulaliohereda.blogspot.com.br/

Esses dois livros acima, serão trabalhados aqui no blog, e em um desafio no Clube Entre Leituras, Clique aqui  para conhecer e aguardem as novidades.


Até
Leia Mais ››

Desafio Literário - Clube Entre Leituras





Esse mês, a minha parceira Anya do blog Entre um livro e outro - clique aqui lançou um desafio no nosso Clube Literário.

Clique aqui e Entre no clube

O desafio é conhecer a fundo um escritor de nossa escolha. Amo esse tipo de desafio e estudo. E confesso, estou quase preparando uma tese de mestrado sobre o escritor escolhido.

As regras são:

*Escolhe um autor (nacional ou internacional)
*Ler do mesmo autor mais de um livro (mínimo dois) no prazo de um mês.
* Elabora no clube um álbum diário, onde o leitor fará vários relatos sobre a leitura e apresentar o escritor.
* E outras regras mais simples do próprio clube.


Esse primeiro desafio começa no dia primeiro de março e vai até o dia primeiro de abril. E dando certo, abrimos um quadro no clube para novos estudos.

As resenhas dos livros do escritor escolhido por mim, também sairão aqui no blog, mas será em uma semana especial. 

Você tem algum escritor que gostaria de estudar? 
Essa é a oportunidade.

Minha escolha.

Eu aproveitei e puxei a sardinha para o meu lado. 
Como Assim?

Eu escolhi estudar um escritor nacional. Mas não satisfeita, escolhi estudar um escritor baiano.

Foto cedida pelo escritor

Eulálio Hereda é um escritor baiano e muito em breve vocês irão conhecer o autor e suas obras por aqui, em um trabalho bacana na qual preparo. 

O blog fechou parceria com ele. E por ser escritor baiano, o tratamento é Vip. 

Enquanto não acontece, irei estudar a carreira dele para o Clube.


Os livros que eu irei estudar são:


A Forma Abstrata de se Curtir a Vida


Número de páginas: 215

ISBN: 978-85-919477-1-3

Formato impresso: A5 148x210
Formato digital: PDF e epub




Sinopse:
A história relata o período em que Marcos, um adolescente de 16 anos, rompe a barreira da timidez para iniciar um relacionamento com Juliana, uma garota de 17 anos. Em meio à influência de colegas e amigos, ele acaba se envolvendo com Hellen, uma garota aparentemente liberal, mas que depois pede exclusividade. Entre ser um rapaz sincero ou mentiroso, Marcos vai aprendendo com os erros e definindo como seguir sua vida e seus relacionamentos.



Chapada - A Descoberta de uma Paixão
Volume 1
Número de Páginas:208
Formato impresso: A5 148x210
Formato digital: PDF e epub 



Sinopse:
Artur, um aventureiro que decide fazer uma trilha na Chapada da Diamantina e sua história se cruza com a de uma cantora, Pérola, que se apresentaria no Festival de Inverno de Lençóis, porém é sequestrada durante sua chegada na cidade de Lençóis e consegue escapar do cativeiro. Artur se depara com Pérola desacordada e ferida no meio da mata e decide ajudá-la em resgatá-la. Após esse encontro, um romance entre os dois surge escondido dos holofotes da mídia.

Você pode conhecer todas as obras do escritor no próprio blog do autor, no link http://eulaliohereda.blogspot.com.br/p/livros-publicados.html 

E podem conhecer ele no seu próprio blog, entrando no link:
http://eulaliohereda.blogspot.com.br/ 

Então, aguardem novidades. Muito em breve uma semana bem bacana aqui no blog.

Beijos
Até!


Leia Mais ››

Resenha dos leitores - Conhecendo um IG Literário





Meu nome é Nayara Nogueira, natural de Fortaleza- Ce, uma das minhas maiores paixões é ler. Sempre busco obter cada vez mais conhecimento. Adoro fazer postagens no meu Ig Resenha Dos Leitores. Também, gosto de escutar músicas, assistir filmes, conversar sobre coisas boas e sorrir com os meus amigos. Sou casada, bacharel no Curso de Direito. No momento, estou fazendo pós-graduação na área. E, me sinto uma pessoa feliz! Afinal, tendo Deus em minha vida, eu tenho tudo.




O meu Ig no Instagram Resenha dos Leitores @resenhadosleitores, foi construído através do meu amor pelos livros. Daí, tive uma vontade de compartilhar esse amor com leitores que sentiam esse amor, trocas de ideias, dicas de livros, opiniões, tudo isso é muito importante para nós. Entretanto, para essas pessoas, assim como eu, que somos apaixonadas por esse mundo literário e imaginário para alguns.





Optei por fazer um Instagram, mais pelo fato da facilidade em lidar com o Ig. O blog já é mais difícil de lhe dá e administrar. Tenho que manter aquelas postagens fixas. E, como eu sou sozinha, no meu Ig. Eu que administro tudo. Não tenho equipe. Fica um pouco mais complicado. Mas, não desfiz a ideia de criar um Blog mais futuramente não. Quem sabe?! (Rs).





O Ig Resenha dos Leitores eu o chamo de DIFERENTE. Porque, ele é um Ig bem diversificado, tem de tudo! E os amigos leitores gostam disso. Sou presente no meu Ig, posto diariamente. Então, duas vezes na semana tem uma resenha de um livro, sobre qualquer tipo de gênero. Tem o quadro Resenha News, que também é bem legal, que são informações literárias. Faço entrevistas com autores e frasistas renomados. Já fiz entrevistas com ZackMagiezi e Cecília Sfalsim. Busco imagens de estantes e bibliotecas diferentes. Imagens com humor que levam os leitores a loucura. (Rs). Falo sobre livros, notícias literárias, blogs que eu sigo e gosto bastante como o seu. Vale a pena conferir! (Rs).


A maior dificuldade encontrada ao lançar um Instagram Literário? Deixa eu ver. Pergunta boa e difícil! Acredito que não seja uma dificuldade, se dedicar em algo que a gente gosta. Mas, talvez seja inovar cada vez mais o Ig para a satisfação dos meus amigos leitores. Eles são muito especiais para mim. Para o Ig Resenha dos Leitores.

O IG Resenha dos Leitores, está sempre em construção. Fiz uma pergunta para os leitores no final do ano passado, perguntando sobre o Ig e a resposta foi bastante positiva. Fiquei super feliz. Porém, como um novo ano e sempre com o intuito de tentar melhorar. Virão sim novas parcerias, sorteios e novidades para a felicidade de vocês. (Rs).







Leia Mais ››

O PAPEL DA FAMÍLIA NA ORIENTAÇÃO VOCACIONAL - V. Oliver



"Acompanhamento, apoio e respeito ao jovem e as suas escolhas"





A influência dos pais e da família no momento de escolha de uma carreira é de extrema importância na vida do jovem e pode diminuir as chances deste ter um futuro profissional frustrado.


Alguns comportamentos que o profissional em orientação vocacional destaca como de apoio por parte dos pais e da família são:


- Acompanhamento, apoio e respeito ao jovem e as suas escolhas;


- Saída da lógica da reprodução - ver o filho continuar sua própria história - e diferenciação - desejar que o filho realize tudo o que ele não realizou;


- Evitar que a relação estabelecida possa levar as pessoas a assumir papéis que nem sempre condizem com suas reais possibilidades e talentos.


É interessante que os pais e a família busquem o apoio da escola e proporcionem ao jovem o entendimento, informações e vivências sobre:

- A rápida mudança no mercado de trabalho;
- Auto conhecimento;
- Desejo de se realizar um trabalho;
- Campo de expansão profissional para a profissão que escolheram.



Cobrança e pressão só atrapalham. A prova disto é a quantidade de pessoas deprimidas e estressadas, insatisfeitas com o trabalho que realizam, que não conseguem se definir numa escolha de algo a estudar e migram de cursos em cursos nas instituições de ensino superior.


O fato é que não há um momento da vida que possa ser definido, por natureza, como o certo para uma escolha profissional sem possibilidade de erros ou frustração. 
A sociedade elegeu uma determinada faixa etária a partir de um modelo de educação generalista. 

Mas, é sempre importante pensarmos que outras escolhas acontecerão no decorrer da vida e as possibilidades de sucesso estão aliadas a coragem de se realizar um trabalho - o que vai bem além da lógica do mercado mutável - ao empenho e qualidade da formação profissional e a consciência de que toda escolha envolve perdas. 

Portanto, lidar com os riscos, pode ser pensado como o primeiro exercício e orientação familiar à criança e ao jovem na sua inserção no processo de educação e escolhas futuras.


Até a próxima
V. Oliver
Leia Mais ››

Booktrailers - Bruno Flores



Bruno Flores,


É um Escritor e jornalista, autor do romance de aventura "Rumah" (2015).

Tem em seu currículo. Experiência em videomaker, realizou dois curtas-metragens: 

1. Sob os braços do Redentor, sobre a criação o Parque do Martelo, no bairro do Humaitá.

2. Uma viagem pela India e Nepal
(registro pessoal da sua passagem e aventura por esses países. Ambos também encontra-se disponível no Youtube).



Leia Mais ››

Theo - E a maldição das cores – Anaté Merger





ISBN: B01B0H3FUI
Ano: 2016
Páginas: 258
Idioma: português 
Editora: Amazon

SINOPSE  

Théo tem sete anos e é o príncipe herdeiro de Dracoon, um reino de uma terra muito, muito, muito distante.
Filho único do rei mais rico e poderoso dos Cinco Reinos, ele tem tudo para se tornar um monarca sábio, hábil, leal e justo.
O destino do príncipe estaria todo traçado se não fosse por um pequeno, mas importante detalhe: Théo nasceu diferente.
E para provar que pode subir ao trono, ele deve escolher o caminho certo entre atalhos e estradas empoeiradas repletas de ogros e outros perigos que podem levá-lo para o Bem ou o Mal, para a tolerância ou o desrespeito, para a fé ou a falta de esperança, para o ódio ou o amor.
Tudo isso porque antes de se tornar rei, Théo deve aprender a ser um homem e para isso ele vai contar apenas com um cavalo, um gato falante e um monstro azul.
Venha viver com Théo a magia dos Cinco Reinos e descobrir como termina essa aventura!

Aventura / Fantasia / Infantojuvenil


RESENHA




A cada leitura fantástica eu fico apaixonada e fã do escritor, que tenha a coragem de aventurar, e criar uma história fora da nossa realidade e ao mesmo tempo, muito dentro do nosso meio.

Theo e a maldição das cores é uma obra da escritora Anaté Merger, que nos surpreende a cada livro, pela sua criatividade de conduzir uma boa história, com bom enredo e personagens.


O livro é narrado em terceira pessoa e conta a história do Théo. Mas para entender a história do garoto, é importante entender seu reino.

O mundo que ele vive é conduzido por cinco reinos. Draccon; Lilac; Azurium; Viridis e Lux.

Para cada reino uma Lei da Pedra predomina. O básico é: para cada reino, o habitante precisa ter a cor exigida, para fazer parte do mesmo e se desenvolver.

Então, regressando aos Reinos com suas cores.

Draccon - habitantes desse reino eram marron-claro,
 Lilac - possuíam uma cor violeta,
Azurium - cor azul, isso mesmo azul,
Viridis - cor verde e
Lux - cor amarela.

Esse é o universo que Théo vive, o problema é que no momento em que ele se prepara para ser um cavalheiro e assim poder assumir o reino que lhe é de direito, ele acaba descobrindo que não é o que pensava ser.

Seus pais, no passado, logo quando Théo nasce, passa por um momento delicado e não tem alternativa que não seja uma escolha drástica e desesperada.

E assim, a história desenvolve em um universo mágico e cheio de fantasia. 




A organização da escritora na narrativa e enredo, é o que há de cativante na leitura, mesmo voltando ao passado, para entender a vida de Théo e decidir seu futuro, Anaté, mantém o enredo bem explicado. 

Em uma leitura fantástica, um enredo bem construído é primordial para que a história tenha um desfecho estonteante. Se eu fosse seguir meus inúmeros curso de escrita e leitura, com suas inúmeras teorias e filósofos, digo que a obra é muito bem escrita. Porém, se eu for seguir minhas regras de uma simples leitora, confesso: também chego a conclusão de ser uma obra rica e bem desenvolvida, com quase todos elementos essenciais para uma boa leitura excepcional. 

Outro ponto positivo  (particularmente que amo) em toda e qualquer leitura é o ambiente família. O ato de coragem dos pais de Théo, são de pessoas que lutaram para realizar o sonho de ter o filho e que não aceita que nada de mal o tire deles. Sendo assim, apelando para meios não confiáveis ou tradicionais.

E não poderia deixar de ressaltar o desenvolvimento de cada capítulo: sem alongar, cada situação muito bem resolvida, conclusiva, deixando os mistérios para o tema central. E resultando em uma leitura célere e sublime.

Leia Mais ››

Ana Rapha Nunes - Parceria





Com aulas saborosas e prêmios, Ana Rapha, assim carinhosamente chamada pelos seus alunos, é uma professora que conquista pelo seu modo diferente de ensinar a Língua Portuguesa.

Além de professora do Ensino Fundamental II, ela acumula outras experiências: é professora universitária, formando docentes para ensinarem com criatividade, e já foi coordenadora de área, tendo capacitado profissionais, criado materiais didáticos, projetos literários e avaliações diferenciadas.

Apaixonada por cores e letras, adora apreciar um belo pôr-do-sol, saborear um delicioso chocolate ou dedicar-se a uma leitura. Além de escrever, adora viajar, por livros e por lugares desconhecidos, gosta de poesia e aprecia a natureza. A Lua que eu te dei é o seu primeiro romance, outros já estão a caminho.

Tem realizado palestras e bate-papos em escolas de Curitiba e região, conversando com os alunos sobre leitura.

Ana Rapha é membro integrante da AEILIJ e tem uma coluna semanal, na qual publica crônicas, chamada “A vida por Ana Rapha”, no Blog Faroeste Literário.

Recentemente, participou do programa de TV “Vida em ação”, apresentado por Cecília Comel, no canal Evangelizar e, também, do programa “Negócios da Terra”, exibido na rede Massa. Seu livro tem sido alvo de várias resenhas feitas por blogueiros de todo o país.




A escritora carioca, radicada em Curitiba, Ana Rapha Nunes, colocou no mercado o livro A Lua Que Eu Te Dei, pela editora Appris. O trabalho, seu primeiro romance, é uma história de amor que mostra os conflitos e os dilemas vividos por um casal de crianças que chegam à adolescência.

O livro não é inspirado em uma história real, mas conta com diversos elementos daquilo que vivenciamos. Nisto, o enredo torna-se interessante não apenas para jovens e adolescentes, mas também para o público adulto.


Leia Mais ››

A Hora da Estrela - Livro da vez




Talvez para não me sentir culpada optei por escolher um livro que a meu ver instiga quem escreve ao ponto que desafia quem o ler.

A estória de Macabéa é construída diante dos olhos (atentos) do leitor, não há um capitulo inicial apresentando as personagens, ela começa antes do inicio já que o escritor também é um personagem do livro. E Macabéa com sua vida entediante é personagem do livro do escritor criado para narra está estória. Entendeu? Pois é, são os jogos da Clarice Lispector em A hora da estrela.

Para quem, assim como eu, escreve é um livro que mostra os medos e ambições de quem quer ser reconhecido como escritor. E para quem não escreve, é um livro cheio de reflexões com os desabafos de qualquer ser-humano.

“Escrevo porque sou um desesperado e estou cansado, nãosuporto mais a rotina de me ser e se não fosse sempre a novidade que é escrever, eu morreria simbolicamente todos os dias. Mas preparado estou para sair discretamente pela saída da porta dos fundos.”





TMartins






Leia Mais ››

Linda de Morrer - Cris D'Amato. Por Tom Matias





Ano: 2015
Direção: Cris D’Amato

Gênero: Comédia

SINOPSE:
A cirurgiã plástica Paula (Glória Pires) aplica em si mesma uma fórmula experimental para eliminar celulites e morre. Com a ajuda de um amigo psicólogo/médium, ela volta à Terra e tenta evitar que a gananciosa sócia coloque o nocivo produto no mercado.








RESENHA

Espelho, espelho meu... Brincadeira, estou zoando... Espera aí... é isso mesmo que se trata essa comédia “made in Brazil”. Fugindo (e já era hora) dos besteiróis e comédias nordestinas, Linda de Morrer nos traz GlóGloria Pires como Paula, uma mulher de negócios, empresária, mãe, rica e fascinada por sapatos, que tem um único objetivo (#Spoiller antes de morrer). Deixando sua filha Alice de escanteio para trabalhar neste milagroso remédio, o Milagre, ela não percebe que seu sócio a engana não lhe alertando sobre os efeitos colaterais do remédio. Resultado: Ela toma, divulga e morre!


Eis agora a sua missão para alcançar o reino dos céus (ou o que ela achava que era a sua missão), fazer com que parem a produção do Milagra para evitar mais mortes. Com a ajuda de Daniel, um psiquiatra que recebe dons médiuns após a morte da sua avó (Suzana Vieira), Paula tenta a todo custo fazer com que sua filha acredite que Daniel pode enxerga-la e ajuda-los a parar com o Milagra.

E como a maioria dos filmes brasileiros, é repleto de confusão, piadas “marromenos” elaboradas, mais confusão e um final bonitinho.
Linda de Morrer foge bastante da comédia que estamos acostumados a ver feitas no Brasil. Seguindo uma linha mais original, tipo Loucas pra Casar e com um elenco de peso atuando com um elenco mais jovem e desconhecido, o diretor.



Soube manter a linha humorística do início ao fim do longa, mesmo nas situações mais fracas, sempre há algo pra nos arrancar um sorrisinho no canto da boca. A religião está em alta no longa, tratando de uma vida após a morte, mas não é muito levando a sério, olhando pelo lado humorístico do roteiro. Estamos evoluindo nessa área! #Amém

Nota: 3*** 

Tom Matias
Leia Mais ››

Maravilhosas Distopias - Organização Maurício Coelho



ISBN-13: 9788567673219

ISBN-10: 8567673216
Ano: 2015 / Páginas: 76
Idioma: português 
Editora: Darda Editora

SINOPSE


Zygmunt Bauman já prevê o fim da democracia, mas não consegue dizer de que forma. O mundo já não aguenta tanta desigualdade. Este famoso sociólogo polonês, vai contra as palavras da ficção cientifica que enxergam um futuro nebuloso, encoberto por brumas de mil megatons, repleto da mais intensa desigualdade e realidades múltiplas; um mundo que cada vez mais caminha para as profundezas, rumo às distopias de Aldous Huxley e George Orwell. Os contos reunidos nessa antologia procuram demonstrar o que está por trás dessa cortina nebulosa que só autores de ficção científica conseguem ver: futuros nada agradáveis numa realidade muito próxima do que antes chamavam de distopia.



RESENHA

“Lá fora, em um mundo caótico e anarquizado, as pessoas se matam. Isso é tudo que você precisa saber.” (p17)

Distopia não é uma leitura apreciada por todos.
Porém, para todo caso existe uma exceção.

“Querido diário hoje eu matei uma criança” – Dia 1 (p.17)

Maravilhosas Distopias é uma obra pequena, com 76 páginas. Tranquilamente você lê em um dia. É organizada por Mauricio Coelho e tem pouco mais de dez contos, variando narrativa em primeira e terceira pessoa.

Os contos São:
       1.       Superface Dawn – Ivan Y. Sikorski
       2.       A liga invisível – L. A. Nunes
       3.       Asfixia – Lu Days
       4.       Lei dos mais fortes – Claudio Mina
       5.       A abdução de Lucas – André Luiz Pinto
       6.       A Chuva – Gabriela Leão
       7.       Crimes cibernéticos – Davi M. Gonzales
       8.       Sobre corações partidos e curas indesejadas – Marcia Dantas
       9.       O Refúgio – Amauri Chicarelli   
      10.   Mais um pedaço de carne – Jean Thallis
      11.   Locus Amoenus – Mauricio Coelho

A relação com contos sempre é de altos e baixos. Neste livro, iremos encontrar um tema muito bem trabalhado, escrito com a peculiaridade de cada escritor. Porém, têm aqueles que chamam mais atenção, por ser mais simples, e aquele que te emociona, seja por deixar seu coração choroso, penalizado com a situação; seja por raiva: da situação ou personagem.

Você encontra de tudo neste livro, personagens querendo ajudar o mundo, personagem querendo destruir o mundo. Figuras dramáticas fazendo o mal para sobreviver, ou figuras do bem, abrandando um mundo pós-apocalipse.

“O que meus ancestrais esqueceram é que tecnologia fabrica homens ambiciosos. E homens ambiciosos iniciam guerra.” (p.22)

Para cada conto, uma  catástrofe própria.  

E se formos lembrar o que é distopia, segundo a filosofia: uma comunidade fantasiosa controlada pelo Estado ou por outros meios extremos de opressão, criando condições de vida insuportáveis a pessoas. Apresentando como embasamento a realidade da sociedade atual, vividas em condições extremas no futuro. Ressalto, o livro chegou ao ponto máximo, atingindo o objetivo central.

Encontra-se sangue humano que vira água, corpo humano passando a ser churrasco, a cura ou não do bissexual. É uma leitura arrepiante, que faz o leitor sentir na pele de cada personagem, passando por cada desafio.



Minha nota foi:

 5 *****Estrelas

Por superar expectativas, é um gênero que não aprecio, porém, este eu amei e usufrui com extrema velocidade.

Tem contos assustadores, mais amei encontrar contos meio “românticos” em uma situação extrema ou personagem superando desafios surreal.


É uma leitura muito recomendada. 


Maurício Coelho
Clique aqui e conheça mais sobre o autor .

Beijos
Leia Mais ››


© BOLG DA MARY - 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: MARY DESGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo