Leitura 5/2016 - Maravilhosas Distopia - Maurício Coelho




Parceria com o escritor Mauricio Coelho, está rendendo bons desafios. Leitura 5/2016 e finalizando o mês de Janeiro com está leitura. Logo, terá resenha. Aguardem. 

Conheça mais sobre o livro parceiro.





ISBN-13: 9788567673219
ISBN-10: 8567673216
Ano: 2015 / Páginas: 76
Idioma: português 
Editora: Darda Editora


Zygmunt Bauman já prevê o fim da democracia, mas não consegue dizer de que forma. O mundo já não aguenta tanta desigualdade. Este famoso sociólogo polonês, vai contra as palavras da ficção cientifica que enxergam um futuro nebuloso, encoberto por brumas de mil megatons, repleto da mais intensa desigualdade e realidades múltiplas; um mundo que cada vez mais caminha para as profundezas, rumo às distopias de Aldous Huxley e George Orwell. Os contos reunidos nessa antologia procuram demonstrar o que está por trás dessa cortina nebulosa que só autores de ficção científica conseguem ver: futuros nada agradáveis numa realidade muito próxima do que antes chamavam de distopia.



Autor:

Clique na foto









Conheça a biografia do escritor, clicando na imagem
Leia Mais ››

Star Wars - Extras



Extra! Extra!



Algumas curiosidades sobre Star Wars



  Alec Guiness, o ator que viveu Obi-Wan, pensava nos filmes da série como um conto de fadas de má qualidade. Mesmo assim, ele acabou assinando um contrato para receber 2% da receita de todos os filmes nos quais ele aparece, o que o fez ganhar mais de US$ 95 milhões;

Harrison Ford recebeu US$ 10 mil por seu papel no Episódio IV;

*   Peter Cushing, que viveu o Grande MoffTarkin, detestava as botas que tinha que usar. Segundo ele, elas eram desconfortáveis demais e, por isso, ele gravou muitas usando chinelo;


·       * Talvez você não saiba, mas George Lucas e Steven Spielberg são amigos. Tão amigos que um dia resolveram fazer uma aposta. Spielberg venceu e, por isso, uma porcentagem da renda de Star Wars vai para ele – alguns milhões de dólares ao longo dos anos;

·         * Mark Hamill, o Luke Skywalker, precisou prender a respiração por muito tempo para gravar a cena do compactador de lixo que uma veia explodiu em seu rosto. A gravação teve algumas cenas alteradas para que a vermelhidão no rosto do ator não fosse vista;

  Muitas das construções feitas para gravar as cenas de Tatooine ainda estão em pé na Tunísia. Algumas são habitadas, inclusive.

Luke Skywalker deveria se chamar Luke Starkiller;

A linguagem dos jawas foi baseada em uma versão acelerada da linguagem Zulu, um dos idiomas oficiais da África do Sul;

O idioma falado pelos greedos, por sua vez, foi inspirado no quíchua, uma das famílias de idiomas falados por índios da América do Sul;

 A roupa usada por Bossk, o caçador de recompensas, já tinha sido usada em Doctor Who;

A espécie de Yoda nunca foi nomeada;

A cena na qual Luke é espancado por um Wampa foi criada para disfarçar as cicatrizes do rosto de Mark Hamill, que tinha sofrido um acidente grave de carro;

A palavra “ewok” nunca foi dita em voz alta nos filmes da série;

 *  “O Retorno de Jedi” quase foi chamado de 
“A Vingança de Jedi”;

Em um dos rascunhos do Episódio VI, 
ObiWan Kenobi e Yoda deveriam voltar às 
suas formas humanas e abandonar a Força
 para assistir Luke em seu confronto com 
Darth Vader;


 O comunicador usado por Qui-Gon Jinn era, na verdade, um barbeador modificado;

 As cachoeiras ao redor da capital de Naboo eram feitas de sal;

  *O grupo NSYNC fez uma participação nas gravações do Episódio II para agradar às filhas de George Lucas. As cenas foram cortadas na versão final do filme;

  * JarJarBinks e C-3PO aparecem sem suas fantasias.



* Três filhos de George Lucas fizeram aparições nos filmes;

* Anakin Skywalker, o Darth Vader, poderia ser diagnosticado com Personalidade Borderline;

R2-D2, quando pensado pela primeira vez, era um chato;

   * A frase “tenho uma sensação ruim sobre isso” foi dita em todos os filmes;


   * Cada um dos filmes foi lançado uma semana depois do aniversário de George Lucas, no dia 14 de maio;


Anakin Skywalker/Darth Vader foi vivido por seis atores diferentes: David Prowse, James Earl Jones, Bob Anderson, Sebastian Shaw, Jake Lloyd e HaydenChristensen.



Tom Matias

Leia Mais ››

Perdi o controle - TMartins



       Em menos de um mês perdi meus eixos, o juízo, a hora, o ônibus.Perdi meus textos, arquivos, contatos. Perdi os assuntos, as novidades, os blefes. Perdi a graça, o meu eu-lírico, o lenço, documento, humor, a malícia.

      Perdi o Time, a aposta. Perdi de ver a banda passar, o bloco, a pipoca, os filhos de Gandhi. Perdi meus cheiros, jeitos, trejeitos, tiques e manias. Perdi a vergonha, gagueira, o medo. Perdi as chaves, a fala, e depois de gozar perdi o ar. Perdi a calma, a razão, tropecei e perdi também o passo. Perdi o meu primeiro amor, minha mãe, o enterro, o caminho. Perdi o luto, a motivação, alguns amigos. Perdi a virgindade, a crença, o troco. Perdi a rodada, o momento, o passado, a ilusão de futuro bom.


      
 Perdi o voo, algumas lágrimas, memórias, anotações. Perdi compromissos, o pôr-do-sol, a maré baixa, as sete ondinhas. Perdi a queima de fogos, o recomeço, o adeus. Perdi a paciência, os óculos, o apreço. Perdi a vontade, a fome, a sede. Perdi o telefonema importante, os exames de rotina, a simpatia. Perdi o refrão, ritmo, o solo esperado. Perdi o interesse, o tédio, o programa. Perdi o raciocínio, o feriado, a piada. Perdi a bolsa, meus pertences, a carona. Perdi o sorteio, a surpresa, as borboletas no estomago. Perdi o desfile, a inveja, o sabor. Perdi o frio, conforto, brisa, rede, roupas, sapatos, namorados, amores. Perdi o tesão.
      Perdi a senha, o cadastro, o acesso. Perdi a vez, a apresentação, perdi a prova e acabei de recuperação. Perdi meu tudo, meu nada, todos os quase’s, prováveis, possíveis, certezas, argumentos e coragem.



     Perdi o colo, afogo, carinho. Perdi as mensagens da madrugada, flores, a inquietação. Perdi o brilho no olhar, o sorriso largo, a ansiedade. Perdi a moda, a conexão, a comanda, wi-fi, curtidas. Perdi a noiva entrando, o pecado sendo confessado, a amante chorando. Perdi um filho, a culpa, a alienação. Perdi o voto, a esperança, a voz, o deslumbramento, a distopia. Perdi o rock, o hippie e o pop. 

Perdi o controle, o jogo, minha comodidade. Perdi você, nossa história, as nossas fotos, seus áudios. Perdi o beijo, o pênalti, último capítulo, desfecho. Perdi a vontade, o rumo, Até que finalmente me perdi e só então percebi que a vida é composta por perdas.

       Para não perder o costume, perdi a chance de escrever um texto.


TMartins
Leia Mais ››

Parceria Livro: Théo e a Maldição das Cores - Anaté Merger


Parceria nova com o livro Théo e a maldição das Cores, o trabalho mais recente da escritora Anaté Merger. 

Vejam mais detalhe da obra. 


ISBN: B01B0H3FUI
Ano: 2016 / Páginas: 258
Idioma: português 
Editora: Amazon


SINOPSE
vendas na Amazon

Théo tem sete anos e é o príncipe herdeiro de Dracoon, um reino de uma terra muito, muito, muito distante.

Filho único do rei mais rico e poderoso dos Cinco Reinos, ele tem tudo para se tornar um monarca sábio, hábil, leal e justo.

O destino do príncipe estaria todo traçado se não fosse por um pequeno, mas importante detalhe: Théo nasceu diferente.

E para provar que pode subir ao trono, ele deve escolher o caminho certo entre atalhos e estradas empoeiradas repletas de ogros e outros perigos que podem levá-lo para o Bem ou o Mal, para a tolerância ou o desrespeito, para a fé ou a falta de esperança, para o ódio ou o amor.

Tudo isso porque antes de se tornar rei, Théo deve aprender a ser um homem e para isso ele vai contar apenas com um cavalo, um gato falante e um monstro azul.

Venha viver com Théo a magia dos Cinco Reinos e descobrir como termina essa aventura!

Aventura / Fantasia / Infantojuvenil





















































Vida e Obra - Anaté Merger - Clique Aqui

Leia Mais ››

Star Wars - Filmes


(#AlertaDeSpollerMAXIMO)


Resumão para aqueles que são do tipo 1,2,3,4,5,6 e 7:






Episódio I – Conta a juventude de Anakin, um escrevo do planeta Tatooine. Ele é descoberto pelo cavaleiro Jedi Qui-Gon Jinn, acreditando que este seja O Escolhido, previsto por uma profecia para trazer o equilíbrio à Força e destruir os Sith. Liderado por Yoda, o conselho relutantemente concorda que o aprendiz de Qui-Gon, Obi-Wan Kenobi treine Anakin após a morte de Qui-Gon pelo Lorde Sith Darth Maul. Paralelamente, o planeta Naboo está sob ataque e, sua governante, a Rainha Padmé Amidala, busca ajuda aos Jedi para repelir o ataque.













Episódio II–Anakin agora está com 19 anos em uma relação de amizade e conflito com seu mestre Obi-Wan e atormentado por paixão e ódio, sentimentos proibidos pelos Jedi. Após uma visão de que sua mãe está em perigo, Anakin retorna a Tattoine e descobre que ela foi sequestrada e morta pelo povo da areia, fazendo que sucumba ao ódio e extermine todos friamente. Ele se entrega ao amor por Padmé, agora senadora, que ele tinha sido encubado de proteger após uma tentativa de assassinato a ela. Eles se casam secretamente. Paralelamente, a República está em crise com os Separatistas, liderados por Lord Sith Conde Dookan, mas Obi-Wan descobre um exército de clones criados para ajudar os Jedi a defender a República dos Separatistas, dando início a Guerras Clônicas, com o objetivo de destruir os Jedi e atrair Anakin para o Lado Negro.









Episódio III – Três anos depois, Conde Dookan é morto por Anakin e logo após se descobre que Padmé está gravida. Anakin tem uma visão de sua amada morrendo no parto, semelhante a visão da sua mãe, e Palpatine o convence que apenas o lado sombrio pode lhe conceder a força para salvar a vida dela e que os Jedi querem tomar o poder da República.  Com a fé nos Jedi abalada e perante o desespero, Anakin submete-se ao lado negro da força adotando o nome de Darth Vader, enquanto Palpatine transforma a República no Império Galáctico. A ordem 66 é colocada em prática e os clones exterminam os Jedi com a ajuda de Vader que também mata os separatistas acabando com as guerras Clônicas. Um duelo entre mestre e aprendiz ocorre. Obi-Wan derrota seu Anakin, amputando-lhe as pernas e o deixando a beira de um rio de larva. Palpatine chega logo em seguida, salvando Vader e o colocando em uma armadura mecânica que preserva a sua vida. Enquanto isso, Padmé morre ao dar à luz a gêmeos, Luke e Leia. Eles são escondidos de Vader e crescem sem saber quem são seus pais verdadeiros.



Episódio IV – A trilogia original começa 19 anos depois, enquanto Vader supervisiona a estação espacial Estrela da Morte, que permitirá ao Império esmagar a Aliança Rebelde liderada por Leia. Vader captura a Princesa Leia que está com os planos da Estrela da Morte roubados pelos Rebeldes e os escondera no dróide R2-D2, que, junto com seu colega C-3PO, fogem para Tattoine. Lá, eles são adquiridos por Luke Skywalker e seus tios que, enquanto limpa o dróide, aciona a mensagem de Leia pedido ajuda a Obi-Wan. Assim Luke ajuda os dróies a encontrarem Obi-Wan, agora um ermitão sob o nome de Bem Kenobi. Após contar a história Jedi a Luke, eles encontram o contrabandista Han Solo e seu co-pilotoWookiee Chewbacca para leva-los a Aldeeran, depois que os tios de Luke são mortos pelo Império. Após invadirem a estação espacial, Obi-Wan se sacrifica e deixa Vader o matar em uma luta de sabres, permitindo que o grupo escape com Leia e os planos que ajudarão os rebeldes a destruírem a Estrela da Morte. Obi-Wan atinge a imortalidade, assim como seu mestre Qui-Gon, e continua se comunicando com Luke por um espectro luminoso. Orientado por Obi-Wan e com a ajuda de Han, Luke consegue destruir a Estrela da Morte usando a Força e em seguida são condecorados por Leia.




Episódio V – Três ano depois, os rebeldes são esmagados pelo Império e recuam para o planeta Hoth, mas são descobertos por Vader e uma batalha ocorre. A Aliança Rebelde consegue escapar, apesar de despedaçada. Durante a batalha Obi-Wan fala para Luke ir a Dagobah encontrar Yoda e começar seu treino Jedi, mas é interrompido após Vader o atrair para uma armadilha e após congelar Han Solo e capturar Leia, Chewbacca e C-3PO. Nisso Vader revela ser o pai de Luke, e tenta atrai-lo para o lado negro. Luke escapa com a ajuda de Leia, mas Han é capturado pelo caçador de recompensas Boba Fett.






Episódio VI – Um ano depois, Luke resgata Han e depois retorna para terminar seu treinamento, desta vez encontrando Yoda a beira da morte que, antes de falecer confirma que Vader é seu pai e momentos depois Obi-Wan diz a Luke que deve enfrentar Vader para se tornar um Jedi, revelando por fim que Leia é sua irmã gêmea. Enquanto os rebeldes atacam uma segunda estrela da morte, Luke e Vader se confrontam na presença de Palpatine, que deseja que o filho mate o pai e se torne seu novo discípulo. Luke é sucumbido a raiva e domina Vader, mas o poupa da morte e declara sua lealdade aos Jedi, fazendo Palpatine atacar Luke, e, simultaneamente Vader tem uma visão de Luke sendo eletrocutado fazendo o se recompor e eliminar seu mestre. Redimido, Anakin cumpre a profecia do Escolhido e morre nos braços do seu filho. Luke se torna um Jedi, Leia e Han assumem um relacionamento e os rebeldes destroem a estação espacial e junto com ela, o Império.




Episódio VII – 30 anos após a queda o Império, Luke está desaparecido, e na sua ausência surgiu a Primeira Ordem liderada pelo Líder Supremo Snoke, que quer reaver o Império e lutar contra a Resistência comandada por Leia e apoiada pela Nova República. Poe Dameron, um piloto da resistência, vai a Jakku encontrar Lor San Tekka, um antigo aliado que tem um mapa com o paradeiro de Luke, mas a ordem chega primeiro e captura Poe, mas ele consegue fugir com a ajuda de Finn, um stormtrooper desertor. O dróide BB-8 foge com o possível mapa do paradeiro de Luke e para nas mãos de Ray, uma sucateira, piloto e com grandes conhecimentos em mecânica. Na fuga Finn e Poe são atingidos. Poe some e Finn acaba encontrando Ray e ambos fogem da Primeira Ordem. Eles encontram Han e Chewbacca e eles vão para a Fortaleza Pirata de Maz Kanata atrás de ajuda. Han e Leia tiveram um filho, Bem Solo, que caiu para o lado sombrio após ser seduzido por Snoke e desejar ser poderoso assim como seu avô Darth Vader. Ray encontra o sabre de luz de Anakin e tem uma visão da Força, Maz Kanata diz que o sabre pertenceu a Anakin e agora chama por Ray, mas ela o rejeita. A Primeira Ordem chega na Fortaleza com ajuda da Resistência e do Poe, Han, Finn e Chewbacca conseguem escapar, mas Ray é capturada. Depois de se encontrarem com Leia eles tentam resgatar Ray. Ela escapa usando a força enquanto Han e Chewbacca implantam explosivos na superarma. Han encontra seu filho e tenta fazer com que ele volte ao lado da luz novamente, e este engana seu pai e o mata friamente. Leia sente sua morte na força. A Resistência destrói a superarma enquanto Finn e Ray tentam fugir, mas são detidos por Kylo que atinge Ray e vende Finn em um duelo de sabres. Ray se recompõe e duela com Kylo, o derrotando, mas não consegue matar ele. Ray escapa com a ajuda de Chewbacca e RD-D2 completa o mapa para Ray encontrar Anakin.


(#FimDeSpoiller)




Há várias inspirações em torno de Star Wars, filme japonês, faroeste, guerra, mitologia, medievalismo entre outros. Seriados como Commando Cody e Flash Gordon foram grandes influências para Lucas. 

As cenas da batalha final em Uma Nova Esperança foram baseadas na Segunda Guerra Mundial e a cena final de condecoração em Os Três Mosqueteiros.

Um dos elementos destaque da saga é “A Força”, uma energia onipresente que pode ser utilizada por aqueles com habilidade para tal.

Desde seu lançamento, Star Wars é uma febre até hoje. O impacto cultural que teve e ainda tem sobre os fãs e até aqueles que não curtem muito a saga a torna uma das maiores riquezas cinematográficas do mundo. 

Desde livros a filmes e brinquedos tanto para crianças como para adultos, SW consegue mexer com a mente de todos que assistem, seja pela história, pela capacidade realizada nas telas em 1977 ou por continuar com essa legião de seguidores 39 anos depois de seu lançamento.

Certamente o trabalho de Lucas será lembrado por toda a eternidade!


E que a força esteja com vocês!


Tom Matias
Leia Mais ››

TAG - Crush literário




Fui indicada pelo blog Entre um livro e outro da Anya para responder está TAG. É bem simples, apenas tenho que associar livro a frase. Então vamos as perguntas.

1) "É oficial: fui 100% ignorada pelo crush. Podem me dar meu certificado de trouxa." - Sua maior decepção literária.




Prometo Falhar - 
Não consegui passar da página 50. 




2) "Foto do crush como wallpaper do celular: Quem nunca?!" - Livro que tem o modelo mais bonito na capa.

                   
                                   
           
                                                                                                               
O que eu quero para mim - Lycia Barros.
Preciso explicar? Ou vocês advinham?







3) "Tava indo tão bem com o crush, mas aí ele fez um comentário machista. Tadinho." - Livro com um personagem babaca.




Tensão - Gail McHUGH






4) "Olha onde cheguei, brigando por causa de crush" - Livro ou autor que alguns não gostam e você defende passionalmente. 





Nicholas Sparks - Muitos acham  seus romances melados e previsíveis. Mesmo assim amo, e tenho minha coleção completa.




5) "A sua noite já está ruim, daí tudo que você precisa saber é que o seu crush vai transar hoje... turma não tem noção mesmo, não preciso saber disso" - Livro com ótimas descrições dos acontecimentos.




Marianas - Chérri Filho





6) "Fui curtir uma foto antiga do crush pra ele se tocar que to STALKING, mas percebi que já tinha curtido tudo. Não sei lidar." - Autor que você já leu todos, ou a maioria dos livros publicados.




Leila Rego - Agora estou sofrendo de saudade, quero mais obras dela.




7) "Você vê que o nível tá crítico quando tu procura o nome do crush na busca do twitter mesmo sabendo que ele não tem twitter" - Livro que você está ansioso pelo lançamento.


O próximo de 
Laplace Cavalcante














 e Raiza Varela 






8) "O pior de mandar mensagem bêbada pro crush é que ele responde e NÃO TEM ASSUNTO" - Livro que você comprou por impulso e ainda não leu.




Alta Tensão  - Harlan Coben, mas quero ler e não vai demorar, objetivo é fazer a coleção deste escritor. 





9) "O que a gente faz quando o crush corresponde? Nunca cheguei nessa fase do jogo e estou perdida!" - Livro que excedeu as expectativas que já eram altas.







Private Londres - James Patterson
Leitura atual (24/01)  não acabei, mas amando tudo.




10) "E quando até ler o crush te dá preguiça?" - Livro que você tem há muito tempo e ainda não leu.






Em busca do sentido da vida - Augusto Cury





Resenhas do Livro:

2. Tensão - Gail McHUGH
3. Marianas - E. Chérri Filho


Obrigada Anya pelo carinho e sempre lembrar do blog. Não irei indicar nínguem, Apenas, peço que, quem aderir a TAG, me avise para eu fazer uma visitinha.

Até a próxima
Paty OBS

Leia Mais ››

Star Wars – A História







Alerta De Spoiller


“Há dois tipos de pessoas no mundo: 4,5,6,1,2,3,7 1,2,3,4,5,6,7” 

Se você é fã da saga certamente entendeu a referência, se não... ahhh... vou explicar resumidamente. 

Em 1977 o cineasta George Lucas lança STAR WARS (que depois se torna STAR WARS EPISÓDIO IV – UMA NOVA ESPERANÇA), uma fantasia científica que vira febre mundial inesperadamente. Após três anos, em 1980 é lançado EPISÓDIO V -O IMPÉRIO CONTRA-ATACA e após mais três anos, EPISÓDIO VI -O RETORNO DE JEDI em 1983. Essa trilogia nos apresentou o épico trio Luke Skywalker, Princesa Leia e Han Solo e a luta para derrotar o Luke, eu sou seu pai Darth Vader, um Jedi que foi para o lado negro da força.

Após loooooooooooongos 16 anos de espera e sofrimento para os fãs, uma nova trilogia se iniciava em 1999, conhecida como Trilogia de Prequela (dá um google aí). STAR WARS EPISÓDIO I – A AMEAÇA FANTASMA volta no tempo para contar como Anakin Skywalker se transforma em Darth Vader e a queda da Ordem Jedi e da República Galáctica para o Império se erguer. Assim como na primeira trilogia, os filmes seguintes ocorreram em intervalos de três anos cada, sendo EPISÓDIO II – ATAQUE DOS CLONES em 2002 e EPISÓDIO III – A VINGANÇA DOS SITH em 2005. 

Em 2012 os estúdios Walt Disney compraram a Lucasfilm por uns trocados 4,05 bilhões de dólares, e anunciou uma Trilogia de Sequela (google.com), para continuar com a saga da família Skywalker, após do Retorno de Jedi. 

Em 2015 é lançado O DESPERTAR DA FORÇA, como o primeiro episódio dessa nova trilogia que, diferente das outras, terá intervalos de um ano e meio entre elas, que serão preenchidas com spin-offs.

De volta ao início, a série iniciou com o simples título de Star Wars, criado e dirigido por George Lucas. Na época, a empresa FOX não acreditou que um filme espacial ganharia notoriedade, fazendo Lucas ter todos os direitos sobre os filmes e, depois do grande sucesso, conseguiu Money, Money, Money suficiente para abrir sua empresa cinematográfica, a Lucasfilm. 

Em 1978, Star Wars teve um especial de natal para a TV, The Star Wars Holiday Special que, foi tão ruim, mas tão ruim, que nunca mais foi exibido na TV ou gravado em DVD, máaaaaaaaas, nessas horas o YouTube dá uma mãozinha! ;)

Seguido por esse fiasco, o sucesso veio novamente em 1980 com O Império Contra-Ataca, sendo aclamado como o melhor filme da saga e logo após, O Retorno de Jedi em 1983 para fechar a trilogia. 

Após isso, Star Wars (1977) ganha o nome de Episódio IV – Uma Nova Esperança, já que Lucas anunciou a trilogia de Prequela, lançada no final dos anos 90, tendo como trilogia original os episódios IV, V e VI.


Tom Matias
Leia Mais ››


© BOLG DA MARY - 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: MARY DESGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo