Caleidoscópio – Mayara Barros



Ano: 2016  
Páginas: 55
Idioma: Português
Editora: Illuminare

SINOPSE

Uma coletânea de contos onde as sensações, a criatividade, as cores e os mais profundos sentimentos são expostos em palavras e personagens.
Contos para ler, viver e refletir.





RESENHA

“Ainda andarei seguindo de sonho em sonho, criança a criança, coração a coração. Esperando chegar em casa, aquela em cima da arvore da vida, onde nasce a esperança de todos os que acreditam serão felizes. Você pode ser feliz se acreditar” (p.12)

Uma obra onde, na sua maioria, os personagens são sentimentos ou objetos. Alguns momentos, encontram-se "pessoas" como interpretes, porém sem muita identificação e detalhes.

Um livro fantasioso de 19 contos, que consegue puxar o leitor por várias emoções arrepiante.

Muito bem escrito, o que é de esperar de uma escritora jornalista.

De uma forma bem singela a autora trabalha amor, ligação, sonhos, desejos e até mesmo preconceito. A maior parte, tem os contos narrados “entre linhas”, nada de  surreal ou estorvo,  porém aquele leitor mais apurado, consegue identificar imediatamente a mensagem.

“Somos criadas para matar monstros nascidos dos medos humanos. Somos treinadas para não temer o próprio medo” (p.35)

Para quem iniciou este estilo de gênero, às vezes pode sentir perdido, entretanto Mayara é delicada na narrativa, fazendo a compreensão fácil. Ao leitor que apreciar a primeira vez a fábula, pode adquirir uma interpretação diferenciada caso releia o mesmo. Não é sempre, mas é possível, principalmente naqueles textos absconsos.

“Não deixe que um acontecimento triste tire a luz dos momentos felizes que ainda podem vir”

Uma obra pequena, deliciosa de ser apreciada,  é todo conduzido por frases/pensamentos vistosos, que faz estagnar e ruminar. Reflexões poéticas, profundas e verdadeiras. Misturando fantasia com realidade.



O destaque deixo para o conto FICOU NO PASSADO, este é para ler, reler e amar. Por ser divertido, por ter espirito curioso da personagem, conclui a leitura apegada em especial a este.


Minha nota foi máxima, 5***** por ser uma leitura tocante, que  conduziu a resenhista para um novo estilo literário.







Mayara é editora da Revista Avessa Clique Aqui

Além dos trabalhos sublime com a revista AVESSA, ela é formada em Jornalismo pela UERJ, cursa atualmente Mestrado em Comunicação na mesma instituição. Pretende seguir a carreira de professora universitária além de escritora. 




Paty Brito


2 comentários:

  1. Essa resenha me deixou emocionada! Muito obrigada pelo carinho e consideração! Fico muito feliz que tenha gostado do livro e tenha certeza que vou separar exemplares dos próximos que eu lançar para você ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi uma leitura de muito amor e que me deixou orgulhosa. Parabéns! Torcendo e orando por ti. E obrigada a ti por proporcionar conhecimento em um novo estilo literário, que eu tinha receio de entrar. Que venha mais lindeza de ti. beijos.

      Excluir


© BOLG DA MARY - 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: MARY DESGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo