Fuller House - Jeff Franklin (Série)





Série/Sitcom
Gênero: Comédia
Ano: 2016
Criação: Jeff Franklin


Se você é daqueles que curtiu as boas séries dos anos 80/90, certamente já assistiu FULL HOUSE (Três é Demais). Um pai viúvo, três filhas, um cunhado roqueiro e um amigo engraçadinho foi exemplo de família durante 8 temporadas. Entre boas risadas, algumas lágrimas e ótimas memórias, vimos DJ (Candace Cameron), Stephanie (Jodie Sweetin) e Michelle (Mary-Kate e Ashley Olsen) crescerem diante das telas, e elas cresceram tanto que a Netflix esse ano nos presenteou com:





Yeah! Com quase todo elenco ORIGINAL (poxa gêmeas Olsen), agora é DJ que está viúva e cuidando dos seus três filhos Jackson (Michael Campion), Max (Elias Harger) e Tommy (Dashiel e Fox Messitt). Ela conta com a ajuda de Stephanie e Kimmy (Andrea Barber), aquela amiga louca que infernizou o Danny durante as temporadas de Full House. 

A filha de Kimmy, Ramona (Soni Nicole) também se junta ao elenco novo para altas aventuras, risadas e muitos momentos emocionantes. Estreando no dia 26 de fevereiro com 13 episódios, Fuller House não foi muito bem aceita pela crítica especializada, com alegação de que depois do fim de Full House, a serie não teria mais nada a oferecer, contudo, entre os novos e velhos fãs de Full House, a nova trama foi muito bem aceita e renovada para uma segunda temporada sem previsão de estreia.



Em um breve resumo, DJ agora é uma veterinária que perdeu o marido durante um incêndio. Stephanie seguiu o rumo musical virando outra DJ e Michelle se muda para fazer faculdade de moda (sim, eles dão umas cutucadas nas Olsen por elas não aceitarem voltar para esse reencontro). Ainda na mesma casa, cada um começa a planejar o caminho que vai seguir e no final decidem venda a casa, mas uma forte emoção em DJ faz com que Danny a deixe ficar na casa e de quebra Stephanie e Kimmy se juntam para cuidar dos sobrinhos. Para quem pensa que Danny, Joe, Jesse e Rebeca irão fazer falta, não se importem, uma hora ou outra eles dão um pulinho para saber como andam as coisas.


Novas tramas, velhos personagens, Fuller House ainda nos deixa encantados com o humor competente da época de Full House e mesmo assim continua atual.




Nota ****

Curiosidades:

* Assim como em Full House, o caçula da família também é interpretado por gêmeos que se intercalam entre as cenas.

* A cantora pop Carly Call me Maybe Era-Jepsen assumiu os vocais da mesma introdução de Full House para Fuller House.

* Mary-Kate e Ashley Olsen não voltaram para essa continuação pois deram um tempo na carreira de atrizes para se dedicarem à moda. A loja delas é mencionada em um dos episódios. #QueGrosseria! 


Tom Matias

Nenhum comentário:

Postar um comentário


© BOLG DA MARY - 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: MARY DESGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo