O PAPEL DA FAMÍLIA NA ORIENTAÇÃO VOCACIONAL - V. Oliver



"Acompanhamento, apoio e respeito ao jovem e as suas escolhas"





A influência dos pais e da família no momento de escolha de uma carreira é de extrema importância na vida do jovem e pode diminuir as chances deste ter um futuro profissional frustrado.


Alguns comportamentos que o profissional em orientação vocacional destaca como de apoio por parte dos pais e da família são:


- Acompanhamento, apoio e respeito ao jovem e as suas escolhas;


- Saída da lógica da reprodução - ver o filho continuar sua própria história - e diferenciação - desejar que o filho realize tudo o que ele não realizou;


- Evitar que a relação estabelecida possa levar as pessoas a assumir papéis que nem sempre condizem com suas reais possibilidades e talentos.


É interessante que os pais e a família busquem o apoio da escola e proporcionem ao jovem o entendimento, informações e vivências sobre:

- A rápida mudança no mercado de trabalho;
- Auto conhecimento;
- Desejo de se realizar um trabalho;
- Campo de expansão profissional para a profissão que escolheram.



Cobrança e pressão só atrapalham. A prova disto é a quantidade de pessoas deprimidas e estressadas, insatisfeitas com o trabalho que realizam, que não conseguem se definir numa escolha de algo a estudar e migram de cursos em cursos nas instituições de ensino superior.


O fato é que não há um momento da vida que possa ser definido, por natureza, como o certo para uma escolha profissional sem possibilidade de erros ou frustração. 
A sociedade elegeu uma determinada faixa etária a partir de um modelo de educação generalista. 

Mas, é sempre importante pensarmos que outras escolhas acontecerão no decorrer da vida e as possibilidades de sucesso estão aliadas a coragem de se realizar um trabalho - o que vai bem além da lógica do mercado mutável - ao empenho e qualidade da formação profissional e a consciência de que toda escolha envolve perdas. 

Portanto, lidar com os riscos, pode ser pensado como o primeiro exercício e orientação familiar à criança e ao jovem na sua inserção no processo de educação e escolhas futuras.


Até a próxima
V. Oliver

Nenhum comentário:

Postar um comentário


© BOLG DA MARY - 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: MARY DESGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo