Semana Escritor - Marcela Luca - Entrevista





"...todo livro tem algo a nos transmitir, por menor que seja. Com meu livro, a mensagem é clara: o final feliz existe para todos nós, é só acreditar!"


Como surgiu seu amor pela escrita?
Ao contrário de alguns escritores que gostavam de escrever desde criança, isso não aconteceu comigo. Eu não tive esse amor pela escrita desde sempre. Escrever, para mim, era um pesadelo. Sofri muito com as redações da escola e vivia pedindo para meu pai me ajudar a escrever, mas ele sempre dizia que não podia, pois ia chegar um momento que ele não estaria ali. Porém, ele ia lendo e dando opinião sempre que uma nova linha surgia. Mais para frente, encontrei uma comunidade no Orkut (sim, faz tempo hahahaha) de fanfictions da Turma da Mônica Jovem. Na época eu tinha 12/13 anos e me arrisquei a escrever e compartilhar as histórias com o pessoal. O retorno que tive foi maravilhoso e foi assim que decidi levar isso adiante e aprimorei a escrita.

Qual a maior dificuldade encontrada na jornada de escritor?
Entrar no mercado literário. Todo escritor sabe que não é fácil, mas que vale muito a pena tudo o que passamos até fazer parte desse universo.

Como você analisa o cenário da escrita no Brasil, atualmente?
A Literatura Nacional tem crescido muito e isso me deixa muito feliz! Conheço muitos autores maravilhosos, com histórias incríveis. Tenho certeza que, no futuro, estaremos conquistando ainda mais nosso espaço das estantes dos leitores brasileiros.

É possível viver da escrita no Brasil? Você é exclusivamente escritora?
Costumo dizer que nada é impossível. Mas, eu ainda não vivo dessa maravilha que é escrever (hahahaha)! Quem sabe um dia. Estou terminando minha faculdade de Letras e quanto mais coisas eu puder fazer, melhor!

E os leitores, como é sua relação? Você tem contato? Escuta as críticas, idéias?
Estou sempre aberta às críticas! Claro que ficamos tristes quando alguém diz que não gostou do livro, mas isso não me desanima. Sei que não vou agradar todo mundo e sei também que posso crescer com essas críticas. Se algum leitor fala que não gostou de determinada coisa, eu levo em consideração, pois isso me ajuda a melhorar meus próximos trabalhos. Sempre leio as resenhas na internet e os comentários das pessoas. Ultimamente, tem sido muito satisfatório!

O livro Dois lados de um coração, é um livro triste, que fala do amadurecimento, da dor, do Luto, como foi construir a história, os personagens?
Eu sofri muito com os personagens, mas esse é um tema que eu adoro ler e escrever. Amo dramas! Gosto de ver o amadurecimento das pessoas e falar sobre isso é muito bom! Tentei ao máximo não ficar triste com a história, pois era eu quem estava escrevendo aquilo e colocando os personagens naquelas situações, mas foi impossível. Quanto mais envolvida eu estava, melhor as coisas saiam.

O que levou você investir em escrever o livro “Dois Lados de um coração? Você cogitou em passar uma mensagem com a história? Ou apenas queria contar uma história e divertir leitores?
Dois Lados de um Coração era uma fanfic em 2011. Meus leitores amaram a história e isso me incentivou a transformá-la em um livro. E sim, o que eu queria era passar uma mensagem. Acho que todo livro tem algo a nos transmitir, por menor que seja. Com meu livro, a mensagem é clara: o final feliz existe para todos nós, é só acreditar!

O livro se passa nos EUA, Europa. Com cenário fixo na cidade de Memphis. Como foi escrever um livro ambientado em outro país, outra cultura?
Não foi difícil, mas também não foi fácil. Nunca estive em Memphis, por isso fica aquele medo de não ter sido fiel. Entretanto, pesquisei MUITO sobre o local, vi fotos, vídeos, dei uma volta pelo Google Earth( hahahaha!). Sou apaixonada por Memphis e espero ter passado um pouquinho desse amor no livro!

O Segundo coração da autora - Muito Love! 

Tem algum momento no processo de escrita do livro, na qual foi difícil escrever? 
O final. O final é sempre difícil. A gente não quer que acabe. Mas confesso que aquela sensação de dever cumprido é a melhor coisa!

Quais são os novos projetos na carreira? Novo livro? Lançamento. 

Estou trabalhando em uma outra história, cujo nome temporário é: O Livro das Memórias. Enquanto a história não fica pronta, vou me deliciando com o que os leitores estão achando de Dois Lados de um Coração!



Tem muito mais da autora e seu lindo livro 
essa semana. Aguardem

Nenhum comentário:

Postar um comentário


© BOLG DA MARY - 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: MARY DESGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo