Colunistas - Apresentações




De lá para cá: acidez e ironia nossa dose de poesia
Apresentações 


19/03 Estudante do sétimo período de Ciências Contábeis da FASB. 


"Comecei e apaguei todos os inícios de currículo apresentação, sempre foi mais fácil inventar estórias. Nunca fui boa de interação, socialmente falando, acabo sempre metendo os pés pelas mãos... Pois bem, aspirante à contadora, discreta, leio de tudo, inclusive ingredientes de bolos que nunca vou fazer. Exceto livros de autoajuda, acho que estou jovem de mais para seguir conselhos de gente velha e frustrada. No mais, uma boa dose de sacarmos e ironia como aperitivo o amor e suas indigestões". 
TMartins




19/03 Estudante de História. Quarto semestre.


"Talvez um mosaico de tudo que já ouvir e percebi. Talvez fragmentos de linhas soltas achadas por aí, não sei ao certo o que sou, mas o que é certo é a exatidão de que estou em constante mudança, de que tenho uma vontade absurda em transformar coisas pequenas em grandes histórias. Ando na esperança de achar minhas completudes e de conseguir me explicar em três palavras, por enquanto sigo descobrindo o que o mundo tem para me contar".  
Kati Martins
Leia Mais ››

Livro do Mês de Janeiro




Explicando minhas leituras no mês de Janeiro, por ordem eu diria que inicie-o muito bem. Ler um livro de uma escritora nacional, do nosso país, é muito gratificante e sinto orgulho dobrado, orgulho por ser brasileira, orgulho por esta ser bem representada  no campo da leitura.

Em seguida apreciei a leitura da Silva Day, livro erótico, (confesso que amo), mas achei ele bem mais vulgar que 50 tons, o que me deixou um pouco chocada e decepcionada. Mas no geral, gostei da leitura e estou envolvida na história do Gideon e Eva. Próximas semanas início o segundo livro da série. 

Na terceira semana comecei o livro Segredo de Família, organizada pela escritora Lycia Barros. Sempre sonhei em ler um livro de conto. O livro é maravilhoso, tem de tudo; terror, preconceito, fantasia. Mas o fato de ser conto, ser história curta, acreditem se quiser, dificultou minha leitura. O fato de cada capítulo ser uma história nova, resultou em uma leitura devagar e amarrada. Talvez eu tenha descoberto, que para mim conto não me atrai muito. Mas é um gosto peculiar.  Não posso deixar de reconhecer a qualidade do livro e das histórias.

Quarta semana, e tio Nick não poderia faltar, amo loucamente esse escritor e as histórias deles, e por mais que alguns criticam seus livros, falando que são sempre histórias amarradas e mesmo desfecho de sempre. Eu não consigo visualizar e interpretar dessa maneira. Fiz a leitura desse livro em parceria com uma leitora do blog. Nos emocionamos, choramos juntas. É um doce livro triste, com história de amor, família, amizade, acho que é um dos livros mais profundos que já apreciei do Nicholas Sparks, não é meu predileto, mas achei lindo e profundo. Tio Nick toca a alma e é impossível não amar seus livros.

Mês de janeiro é longo, então ainda apreciei mais uma leitura, a quinta  e  última do mês. Então depois de chorar muito, aprecie um suspense. E recomendo, depois de um livro de muita emoção, eu gosto de ler comédia ou um suspense (suspense descobri agora). O livro é maravilhoso e breve terá resenha aqui. 

Portanto o Oscar de Janeiro vai para:


Nunca tinha lido suspense, essa foi a primeira leitura de um novo ciclo e uma nova descoberta. Também apaixonei com o escritor Harlan Coben. O livro que achei que seria um romance policial, tinha mais mistério que romance, e mesmo assim amei. Breve resenha.

Sendo assim esse livro é o primeiro a concorrer o Oscar literário 2015. 

Beijos


Leia Mais ››

A última Música - Nicholas Sparks



ISBN: 9788563219077
Ano: 2010 
Páginas: 383
Editora: Novo Conceito



SINOPSE



Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciaram e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor para os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte.
O pai de Ronnie, ex-pianista, vive uma vida tranquila na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida.
Uma história inesquecível de amor, carinho e compreensão – o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão – A ULTIMA MÚSICA demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, as várias maneiras que o amor é capaz de partir e curar seu coração.

RESENHA


Para quem conhece, Nicholas Sparks, sabe como sua escrita é sofrida sobre amor e relações familiares. Mas A Última Música, foi uma grande, deliciosa surpresa. É diferente por quê conta a estória não só do nascer de um amor entre o homem e uma mulher (o que não pode faltar nos livros do Nicholas), mas principalmente, conta a estória de relação com pais, filhos, irmãos, amizades.

Falando sobre o físico do livro, apreciei a leitura na versão econômica,  o que quer dizer que, é meio inferior, mas nada atrapalha o rendimento. 

è inteligente a diagramação das separações dos capítulos; cada início tinha um nome, ou seja, ao iniciar cada, fica ciente  de quem está narrado.

Comovente da primeira até a última página. Principia com um prólogo em uma conversa com a mãe, na qual Ronnie conta  sobre o incêndio da Igreja. 

Ronnie é uma adolescente rebelde, que fica por três anos sem falar com o pai. Ela e o irmão é intimada a passar férias com o pai na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Ronnie não aceita e vai de cara amarrada, Jonah está empolgado e feliz com a novidade.

O pai, Steve é um encanto de ser humano e tem toda paciência ao se tratar da revolta da filha. No início eles têm muitas brigas, e ela acaba se isolando e construindo amizades incorretas.



"...Sabe o que está dizendo quando diz tanto faz? É só um código para um palavrão que começa com a letra f". (48)

Mas em uma dessas amizades ela acaba conhecendo Will, o garoto popular da cidade, lindo, atleta, trabalhador herdeiro de uma família milionário. E é com ele, que Ronnie começa amadurecer, equilíbrio que transparece também na relação de pai e filha.

Will enfrenta alguns problemas de amizades ao iniciar a relação com Ronnie, 



"Seu problema é a falta de Foco. É só acontecer alho sem importancia alguma que você viaja para terra do nunca..." . (122)

O primeiro beijo de Ronnie e Will ocorre em pedido de desculpa. E os sentimentos deles começam a intensificar. Ao descobrir onde Will mora ela fica impressionada com sua personalidade. Will não esconde também o quanto está gostando e amando a Ronnie.


"...Quero ficar com você o máximo que puder, você é inteligente, engraçada e honesta.... Eu te amo mais do que jamais amei alguém." (175)

A cada capítulo tem uma aventura, uma lição, emoção, revolta e sofrimento. O livro inteiro toca a alma e acaba fazendo nos refletirmos sobre nossas atitudes. Como o tempo é curto e precisamos amar mais e odiar menos. Problemas e erros todos têm e sentem, mas saber como conduzir, perdoar, esse é o sentido da vida.

O título do livro refere-se por Steve ser pianista profissional, não é um monstro consagrado, mas tem seus respeito por alguns músicos, como na escola de Juilliard e por quase ser membro no Carnegie hall. 


A escola Juilliard é onde nasce grandes nomes do meio artístico. Também pesquisei sobre Carnegie hall e é apaixonante. É uma sala de espetáculos na cidade de Nova York.


Ronnie puxou o dom do pai e também é uma pianista prodígio, mas por muito tempo, não toca. E no início do convívio com o pai, ela rejeita todas as formas de aproximação que liga ao pai, logo o piano também

Outro encanto no livro é o irmão da Ronnie, o Jonah, ele é muito fofo, tagarelo e muito divertido. Sua mãe é o oposto, a kim,  achei bem chatinha, assim como o amigo do Will, o Scoot.
"A mamãe diz que é por causa da TPM...não sou mais criancinha. Significa Todos os Problemas Misturados" (19)
Uma leitura previsível, intenso e doloroso, que nos envolvem de uma forma singela.
"Está em gálatas, 5.22 - disse abrindo a Bíblia em seu colo... Quando o Espirito Santo controla nossa vida, produzirá o seguinte fruto em nós: Amor, alegria, paz, paciência, gentileza, bondade, delicadeza e autocontrole." (227)
Os momentos finais como esse trecho bíblico é de arrepiar, a cada capítulo preparem o lenço. 


"Eu nunca deixei de te amar, Ronnie. E nunca deixei de pensar em você. Mesmo que o verão tenha acabado". 

RECOMENDO: Sim. É um livro óbvio, mas cheio de lições gostosas. Valem a pena!


A Última Música por Bruna Pressato


O livro conta a história de Ronnie, uma adolescente que é “obrigada” a passar as férias de verão com seu pai na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Já faz três anos que seus pais se separaram, mas Ronnie ainda continua magoada e rejeita qualquer tipo de aproximação entre os dois.


Will um garoto bem popular acaba se aproximando de Ronnie, aos poucos ela vai cedendo, eles vivenciam um romance em que ela vai abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade.

O livro é simplesmente perfeito, você consegue amar e odiar alguns personagens ao mesmo tempo. Esse livro ensina que mesmo você odiando, acaba sendo capaz de perdoar, amar, aprender e se divertir! Me diverti muito com os personagens, ri e chorei em vários momentos. A última música, livro que com certeza ficará em minha memória.

Momentos marcantes para Bruna:

Ela não era como as outras pessoas que conhecia. Tinha certeza de que jamais soltaria de sua mão. Seu dedos pareciam ter o encaixe perfeito nos dele - perfeitos complementos entrelaçados sem esforço algum.

"Mesmo sabendo que um dia a vida acaba, a gente nunca ta preparado para perder alguém"

"As vezes é preciso se afastar das pessoas que você ama. Mas isso não quer dizer que você ame menos...As vezes você os ama ainda mais." 


FILME: 

 

O filmo como é esperado de uma adaptação.

No geral a história é a mesma, os personagens básicos, são quase todos iguais no livro. E contexto é também emocionante como no livro.


O Jonah continuar super divertido. 


A diferença está nos pais de Will, que no livro tem um lindo casamento, no filme não é bem assim, já mãe da Ronnie, a Kim e o Scoot são chatos  no livro, oposto do filme. 


O leitor sente falta no filme, do Pastor, que tanto o livro cita, ao meu ver, a ausência dele deixa o filme um  pobre.


O filme a  cenas são construídas diferente do livro, mas seguem a mesma filosofia.







RECOMENDO: Sim. Assim como o livro é lindo, maravilhoso, mesmo com muitas diferenças, o filme também é belo e tão emocionante quanto o mesmo. A história é uma linda lição de vida, de amadurecimento, amor ao próximo. E que raiva, rancor só nos afasta, fazendo as vezes perder o que há de melhor na vida.



***
Visite o site - Clique Aqui



















Leia Mais ››

Rico - Coleção Despertar - Lycia Barros


Alguém conhece o Alderico dos livros A Bandeja e Entre a mente e o coração ?

Então, vamos a apresentação.

Inauguro o quadro com ele.

Todo personagem que tem característica de bonito, loiro e olhos claro, só vem um em minha mente um ator. 

A capa do livro com Rico é essa


Logo ele sendo assim, peço licença a Lycia Barros. Trabalhei minha mente em todos os três  livros, (digo três por quê querendo ou não, no último livro Perdido sem você ele tem uma leve participação) o Rico assim.


Então!
O Rico é um daqueles personagens TDBS - Tudo De Bom SAFADO ...

Era para todas odiarem ele, mas todas acabam amando.

Boa pinta, que misteriosamente é professor e tem uma vida de "luxo" como não amar. 

Ele apronta poucas e boas com Angelina, mesmo assim não consigo odiar.  No primeiro livro quando pensamos que ele vai mudar; vem a pancada, e ele continua o mesmo cafajeste.  Até que algo ocorre e ele perde o que mais amava.

Entre a mente e o coração o Rico amadurece das suas cabeçada e inícia uma nova vida. Agora ele esta bem mais cauteloso. E quem era apaixonado por ele, acaba amando.

Profissional dedicado, namorado exemplar, reconhecendo e amadurecendo todos seus erros. Sai do lado TDBS para TDBB - Tudo De Bom do BEM

Mas uma confissão pessoal. No final eu sábia; sábia que ele não era um má pessoa. Ele só precisava conhecer pessoas do bem. 

ALDERICO - TDBS + TDBB = Perfeição


Leia Mais ››

O melhor de Mim (151)


Página de livro do Mês de Janeiro 2015

Página 151 - O Melhor de Mim

Eu apreciei a doce leitura desse livro ano passado, 2014. Mas ele vai inaugurar o  mais novo quadro do blog.
Para mim esse livro, retirando o final é o melhor do Nicholas Sparkes depois de  Um Porto Seguro

O livro "O Melhor de mim"  inaugura a página do mês antes mesmo de sair a resenha deste. Resenha: O Melhor de Mim - Nicholas Sparks

Para mim essa página é a melhor do livro, o livro faz todo sentido nessa página.

Sem falar que  o Dawson é fofo em todo o livro.

FRASE MARAVILHOSA DESSA PÁGINA

’Quero acordar de manhã com você ao meu lado, quero chegar à noite e jantar com você. Quero compartilhar com você cada detalhe bobo do meu dia e ouvir cada detalhe do seu. Quero rir junto com você e dormir com você em meus braços. Porque você não é só alguém que eu amei no passado. Você era minha melhor amiga, a melhor parte de quem eu sou, e não consigo me imaginar desistindo disso outra vez’’



Leia Mais ››

SÉRIE CROSSFIRE - TODA SUA - SILVA DAY


SINOPSE

Gideon Cross entrou na minha vida como um relâmpago na escuridão...
Ele era inteligente, bem-sucedido, rico e muito lindo. Fiquei obcecada por ele como nunca tinha ficado por ninguém, por nada. Ansiava por seu toque como uma droga, mesmo sabendo que aquilo acabaria me destruindo. Eu tinha meus problemas, e ele fez com que viessem à tona muito facilmente.
Gideon sabia. Ele também tinha seus problemas. E nós acabaríamos sendo o espelho que refletia os traumas - e os desejos - mais secretos do outro.
Seu amor me transformou, e eu rezava para que nosso passado não nos separasse...



RESENHA


Não escondo de ninguém que já amei muito livros "Hot". É um gosto peculiar. E antes de resenhar sobre a trilogia dos 50 tons, irei postar a medida que for lendo a série CROSSFIRE.

O livro TODA SUA é narrado por Eva. Inicia com Eva  em seu novo apartamento, com seu amigo Cary.  Em seguida, ela resolve passear por Manhattan antes de ir malhar e assim ocorre o esbarrão em Gideon. A topada, faz Eva ficar hipnotizada com  extrema beleza do rapaz.

Após esse primeiro encontro, Eva já esta no seu novo trabalho, em uma agência, onde é muito bem recebida pelo patrão. E em seu primeiro trabalho, Mark o chama para acompanhá-lo em uma reunião. E nesse momento vem a surpresa. A reunião acontece no escritório de Gideon Cross,  rapaz que deixou ela completamente hipnotizada e que não sai da sua mente. Para seu espanto ou felicidade, Gideon não disfarça seu interesse nela e no final da reunião vem a frase mais chocante do livro.

“Porque eu quero comer você, Eva”. (29)

Neste momento, o livro começa a desenrolar. Cary seu amigo e companheiro de apartamento, é seu amigo confidente, ela conta tudo que acontece entre ela e Gideon. E é Cary, querendo ajudar a amiga,  puxa toda a ficha do misterioso rapaz que fica estremecida com seu histórico.

Paralela a história do casal central, tem a história de vida, (passado) de Eva e de Gideon. A vida passada de Eva ainda nesse livro é revelada, o que permite entender a mãe neurótica.

“...Ele era um homem que não queria complicações na vida sexual, e eu era uma mulher que considerava sexo uma coisa complicada”. (58)

O que faz deixar Gideon completamente obcecado por Eva, é sua primeira troca completa de intimidade. Eva o domina e controla-o deixando Gideon completamente louco, pois nunca aconteceu nada parecido em toda sua vida.

“...Não foi hoje que você se depilou, foi?....Não aguentaria nem mais dez minutos sem tocar em você, imagine dez horas”. (67)


A medida que Eva vai conhecendo e trocando intimidade intensas e tórridas com Gideon, ela vai também conhecendo sua história e sua fortuna. E paralelo a relação deles, crescem também a exposição com mídia, deixando Eva completamente apavorada.

“Eu quero ser seu.” (97)

Assim surge a esstória obscura de Gideon, fazendo ela ficar desnorteada.Isso por quê Gideon também relaxa com Eva e entrega sem perceber seus segredos, o que deixa o livro com fortes emoções.


Reforço que O livro tem uma história, não é hot só por ser. Porém é tem algumas falhas que cansa o leitor. 

Pode ser chato, por ser um livro hot,  A vulgaridade do livro. É um livro um pouco exagerado na e frívola na linguagem, e também no excesso de intimidade. Gideon e Eva não podia ficar juntos que cenas tórridas de amor aconteciam. Chega a ser surreal. Também é chato por mostrar só o lada da Eva, seria muito prazeroso se pudéssemos conhecer Gideon contando a história.

RECOMENDO Somente  se forem apreciadores de leitura hot, do contrário nem tente. Para quem ama, e quem é fanática pelo Grey, então podem apreciar esse livro sem medo. 
Leia Mais ››

TAG - UMA SÓ PALAVRA


Amei TAG que encontrei no blog Entre um livro e outro e resolvi fazer também. A TAG consiste em você responder as perguntas em uma só palavra, acho difícil mas vou tentar, vamos lá! 


1.Onde está seu celular? Do Lado
2.Seu parceiro? Amo
3.Seu cabelo? médio
4.Sua mãe? Tímida
5.Seu pai? Bravo
6.Seu objeto preferido? Celular
7.Seu sonho da noite passada? Londres
8.Sua bebida predileta?  Limonada
9.O carro dos seus sonhos? BMW SUV ou qualquer SUV

10.O quarto onde você está nesse momento? Quarto de solteiro do irmão 
11.Seu ex?  Boa Pessoa
12.Seu medo? Magoar Pessoas
13.O que você deseja ser em 10 anos? Feliz
14.Com quem você passou a noite passada? Marido
15.O que você não é? Egoísta
16.O que você fez por último? Escrevendo.
17.O que você está usando? Pijama
18.Livro predileto? Muitos
19.A última coisa que você comeu? Subway
20.Sua vida? Amo
21.Seu humor? Bom; antes do almoço (risos)
22.Seus amigos? Do bem
23.Em que você está pensando nesse momento? Marido Trabalhando
24.O que você esta fazendo nesse momento?  Escrevendo.
25.Seu verão? Odeio 
26.O que está passando na sua TV? Não sei
27.Quando você sorriu pela ultima vez? Agora
28.Quando você chorou pela ultima vez? Ontem
29.Escola? FIM
30.O que você esta escutando nesse momento? Like a Payer - Madona
31.Atividade predileta dos finais de semana? Ler.
32.Profissão dos seus sonhos? Jornalismo/Letras
33.Seu computador? Não largo
34.Do lado de fora da sua janela? Jardim
35.Cerveja? Nojo
36.Comida mexicana? Sei não
37.Inverno? Amo loucamente
38.Religião? Católica de nascença. Espirita de Marido. Evangélica de coração.
39.Férias? Inglaterra
40.Em cima da sua cama? Travesseiros
41.Amor? Vida


Algumas consegui, outra impossível falar em uma única palavra. Espero que tenha gostado das respostas.

Quem quiser pode fazer, leitores podem responder também!


Beijos
Leia Mais ››

JARDIM DE INVERNO - KRISTIN HANNAH


Jardim de Inverno
Autora: Kristin Hannah
ISBN: 9788581630359
Ano: 2013 / Páginas: 416
Editora: Novo Conceito



SINOPSE
Meredith e Nina Whiston são tão diferentes quanto duas irmãs podem ser. Uma ficou em casa para cuidar dos filhos e da família. A outra seguiu seus sonhos e viajou o mundo para tornar-se uma fotojornalista famosa. No entanto, com a doença de seu amado pai, as irmãs encontram-se novamente, agora ao lado de sua fria mãe, Anya, que, mesmo nesta situação, não consegue oferecer qualquer conforto às filhas.
A verdade é que Anya tem um motivo muito forte para ser assim distante: uma comovente história de amor que se estende por mais de 65 anos entre a gelada Leningrado da Segunda Guerra e o não menos frio Alasca. Para cumprir uma promessa ao pai em seu leito de morte, as irmãs Whiston deverão se esforçar e fazer com que a mãe lhes conte esta extraordinária história.
Meredith e Nina vão, finalmente, conhecer o passado secreto de sua mãe e descobrir uma verdade tão terrível que abalará o alicerce de sua família… E mudará tudo o que elas pensam que são.
“Difícil não rir um tanto e chorar ainda mais com a história de mãe e filhas que se descobrem no último momento.”
– Publishers Weekly
A história que sua mãe conta é como nenhuma outra já ouvida por elas antes — uma história de amor cativante e misteriosa que dura mais de sessenta anos e parte da Leningrad congelada e devastada pela guerra até o Alasca, nos dias atuais. A obessão de Nina por esconder a verdade as levará a uma inesperada jornada ao passado de sua mãe, onde descobrirão um segredo tão chocante, que abala a estrutura da família e muda quem elas acreditam ser.



RESENHA


Todo livro bem apreciado, imagina-se como seria o filme, quem seria os personagens, como seria as cenas. Jardim de Inverno é o primeiro livro, que não essa vontade não formou-se.

Este, foi um daquelas leitura que lastima a alma livro. Jardim de Inverno é um livro intenso, às vezes amargo, muito doloroso.

Porém não deixa de ser uma estória comovente, no início você tem raiva, mas depois, aos poucos, tudo vai fazendo sentido e tem uma explicação.

O livro inicia com o epílogo onde Meredith tenta agradar a mãe fazendo uma peça junto com a irmã Nina. Mas essa peça é fracassada e sua mãe a fria Anya Whitson tem uma reação estilo o seu país de origem, a Rússia, reagindo friamente até mesmo rejeitando a ideia, das filhas.

Com a passagem do tempo, mostra que Meredith casou com sua paixão adolescente o Jeff e preferiu ficar na cidade cuidando da família e negócios familiares e Nina partiu para o mundo com sua profissão fotojornalista.

 As irmãs são diferentes em tudo, principalmente a forma de lidar com assuntos familiares. Depois de um longo tempo, a família volta a unir-se por causa da doença de Evan Whitson. Evan, é o pai de Meredith e Nina; e a verdadeira pessoa, que ainda tenta unir a família; é o verdadeiro elo de ligação da família Whitson. 

Meredith é mãe de duas jovens a Jillian de 19 anos e Maddy de 18 e passa por um momento delicado pelo casamento, sem deixar as filhas perceberem. 

Nina e Meredith mesmo com vidas diferentes, junta-se a dor de ver o pai doente, ele é a única lembrança amorosa que elas tem da família, dos quatro juntos.


"Sua mãe é mais fria que qualquer campo nevado"(31) 


Após o epílogo, inicia contando a nova vida de Meredith, suas duas filhas e o doce pai Evan Whitson;




"...está com medo de que a família se desmonte sem ele" (61)

O livro começa a desenrolar, mas bem lentamente,  às vezes causa certo cansaço com a lentidão.



" A Guerra é uma coisa terrível, mãe. É fácil ficar aqui sentada em sua casa linda e segura e julgar o meu trabalho." (91)


Quando terminar de ler o livro, retornem a esta página e  trecho. 

O segredo todo do livro é o conto de Anya. O Conto profundo e surpreendente e a cada trecho contado as ligações surgem e a história fica mais viva e real. 


Por alguns trechos do livro, você imagina que Sra. Anya Whitson está louca ou com algum distúrbio mental, mas com um tempo, as justificativa para sua suposta loucura surge,  e você começa ter dúvidas, até que ponto é insanidade. 

A cada capítulo uma emoção; e o final, é aquele final  arrepiante. Foge do óbvio;  tem o final feliz sim! Mas tem descobertas aterrador. 





 Leitura surpreendente, diferente com uma riqueza na narrativa detalhar a Guerra. Deixa a desejar os capítulos longos, leitura fica um pouco cansativa, principalmente quando a história é intensa e exigi bastante concentração.



RECOMENDO Sim! é uma verdadeira lição, aprende-se um pouco sobre o que é ver a Guerra; não julgar o comportamento do próximo antes de conhecer a história e os motivos e mesmo que tenha motivos para um comportamento diferente; aprende-se que o respeito ao próximo é fundamental na vida.










"
Leia Mais ››

Conhecendo um Leitor – Bruna Pressato





Bruna Aparecida Pressato é uma jovem de 18 anos, apaixonada pelo mundo literário. Moradora de Varginha - MG. Ela topou repartir com nosso blog seus livros prediletos e a sua história de amor por leituras. Ela é daquelas leitoras que tem gosto especifico e sem medo de expor, respeitando sempre o próximo.

Bruna também uma agilidade fora do normal para ler. Como por exemplo, ler um livro em um dia, ou uma série como a "A Mediadora" que são seis livros; ela apreciou a leitura em seis dias.


E ainda assim tem tempo de curtir, seus outros Hobbies, família e trabalhar.  Confira a entrevista.

1.Como começou seu amor por leitura? Comecei lendo livros pequenos e infantis quando era mais nova, como fui crescendo comecei a criar o hábito de ler livros maiores e de gêneros que me animam de ler. Desde pequena já era apaixonada por livros.


2.Qual foi seu primeiro livro que leu por prazer?
Romeu e Julieta

3.Livro de infância que não esquece? 
Marcelo, marmelo, martelo

4.Qual livro você leu em poucos dias?
A Mediadora; Terra das sombras












    



5.Qual seu estilo de leitura e qual estilo de leitura você não gosta?
Tipo que gosto: Romance erótico e suspense policial  tipo que não gosto: Religioso e drama

6. Qual livro que você comprou empolgada, mas se decepcionou ao ler?
Bruxos e Bruxas e 16 Luas


7. Já abandonou algum livro?
Sim, A menina que roubava livros e Capital Humano 

  

       


      







8 .Tem algum livro que você não teria receio de ler infinitas vezes?   
Com certeza mais de um : trilogia 50 tons de cinza e coleção A Mediadora

9.Um personagem masculino que você não esquece? Descreva o por quê?   
 Christian Grey (50 tons de cinzas) com certeza. Ele é um personagem bem intenso, tem gostos peculiares e acima de tudo tem uma história por trás do jeito bipolar dele, ele é um personagem que te fascina e que te leva a querer saber detalhes sobre seu passado.


10.Uma personagem que você não esquece? Descreva o por quê?
Suzannah Simon: (A Mediadora) Ela é uma personagem que faz você acreditar em coisas que não existem (literalmente), mostra determinação, coragem, evita mostrar fraquezas e além de ser bem teimosa em relação a tudo.

11.Qual casal inesquecível?
Impossível responder essa pergunta e por somente um casal, vou por alguns : Christian e Anastasia, Chloe e Bennett, Suzannah e Jesse, Abby e Travis.  


 12.Conhece a literatura brasileira contemporânea?
 Não, não conheço 

13.Um livro nacional que apreciou a leitura e amou?
      Na verdade nenhum que li gostei realmente a ponto de querer ler novamente (não gosto muito de literatura brasileira) mas o que mais gostei entre os outros foi O reino das vozes que não se calam.

14.Um escritor que você gosta?
Gosto de vários escritores mas E.L James é incrível.

15.Livro único, trilogia ou série?

Trilogia ( 50 tons de cinza)

16.Algum livro que você leu e que acha “esse merecia um filme”?
Sussurro da saga Hush-Hush ( porque sei que já vai sair o filme 50 tons de cinza).


17.Uma música & um livro. (uma musica que faz você lembrar-se de um livro, e qual o livro)
Secrets ( One Republic) me lembra o livro  "Se eu ficar".



18.Um livro & Um filme (um livro que virou filme, que você gostou)
Harry Potter com certeza, amo os livros tanto quanto amo os filmes.


19.Como é sua rotina de compras? Segue uma lista? Tem alguma livraria especial ou compra online?
Compro online, raramente compro em livrarias. Sim tenho uma lista, mas raramente a sigo pois vejo vários outros livros e fico muito ansiosa ai esqueço que tenho a lista.
   

 20.Um único livro que você não tem e é louca para ler.
Pergunta difícil, mas, Subindo pelas paredes é um livro que não tiro da cabeça, apesar de não ter ele ainda.

21.Um livro que você tem, ainda não leu e não ver a hora de ler.
 Drácula- o morto-vivo. 


22.O que acha dos blogs literários?
Muito bons, criativos e maravilhosos para achar resenhas, fotos, pegar sugestões de livros para comprar. Eu os chamo de "Cantinhos da Criatividade".

23. Como conheceu o blog Leituras Plus?
Não o conhecia, mas no Instagram achei o IG e fui conhecer o blog, conheci livros novos ( que foram para minha listinha), achei o conteúdo do blog bem informativo e comunicativo ao mesmo tempo.
      


         Meu nome é Bruna, tenho 18 anos. Amo ler, ver filmes ( de terror), apaixonada por músicas, gosto de nadar e de ficar sentada em pracinhas lendo quando tenho tempo. Tenho dois cães de estimação Peppy e Edward (sim, sou fã de Crepúsculo e quando ganhei um filhotinho,não pensei duas vezes ao dar o nome Edward a ele), sou viciada em Instagram, minhas cores preferidas são preto, rosa, vermelho e azul
    Meus filmes de terror preferidos são sexta-feira 13 e A hora do pesadelo. Este ano vou para o terceiro ano do ensino médio. Pretendo fazer duas faculdades Artes Cênicas e Cinema, são minhas duas paixões que pretendo levar adiante com certeza. " 





Dica Do Blog

Acompanhando seu estilo literário, proponho a você, conhecer esses dois livros. Um tem um casal Hot. O segundo narra muito o mundo da profissão que você quer seguir. 






    "Obrigada Bruna, pela linda participação, e belas indicações literárias.
    O que estou amando nesse blog é conhecer pessoas como você que têm gostos literários específicos e não tem medo e vergonha de expor.
O mundo literário nos proporciona inúmeros caminhos. Mas, nos proporciona o bem maior, 
"O RESPEITO"
Que Deus realize seus sonhos, e proporcione sempre bons livros para você.
beijos"
Patrícia OBS - Leituras Plus




      



        
Leia Mais ››


© BOLG DA MARY - 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: MARY DESGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo