Semana Escritor: Amigas Imperfeifeitas - Leila Rego





Para a Semana Escritor - Semana Leila Rego, irei atualizar a resenha deste livro, a resenha é antiga (uma das primeiras do blog Clica Aqui). Aproveito e coloco no novo formato que será às próximas resenhas.

ISBN-13: 9788582350881
ISBN-10: 8582350880

Ano: 2013 
Páginas: 392
Idioma: português 
Editora: Gutenberg


SINOPSE

Nina, Pâmela e Manuela são jovens adultas que chegam aos 30 anos de idade mantendo uma amizade desde os tempos de escola. Amigas inseparáveis, continuam curtindo as músicas da Legião Urbana – a trilha sonora de suas vidas – e, apesar de terem tomado rumos muito diferentes, elas conseguem se encontrar todas as quintas-feiras para a Noite do Batom, quando colocam o papo em dia, apoiam-se, dão risadas, trocam confidências e, é claro, falam mal dos desafetos, já que ninguém é de ferro.



Pâmela, já casada, é muito bem-sucedida profissionalmente, não tem problemas financeiros e parece ter a vida perfeita. Mas só parece. Manuela é separada. Casou-se um dia para esquecer o grande amor da sua vida e não foi feliz, e hoje parece não ligar mais para as questões do coração. Mas só parece. Nina é a solteira que tem uma atração irresistível por cafajestes, que sempre a fazem sofrer. Implora para que Santo Antônio a ajude a ser feliz no amor, o que parece impossível. Mas só parece.

Em uma Noite do Batom incomum, Manu inventa a OFI (Operação Faxina Interna) para ajudar Nina a superar mais um relacionamento frustrado. Junto de mais dois amigos, partem para uma divertida viagem que mudará para sempre a vida de todos. Com reviravoltas, aventuras e desventuras, será impossível você não se identificar com essas amigas, que, como todos nós, são imperfeitas em seus defeitos e problemas, mas perfeitas demais para não querermos repartir com elas as dores, as alegrias, os sonhos e a realidade de uma vida inteira.

RESENHA
"Vou explicar meu desespero: tenho vinte e oito anos e alguns meses e me recuso a fazer trinta anos com o meu atual estado civil. Simplesmente me recuso" (p.17)

Amigas Imperfeitas, foi o livro de apresentação da escritora para meu universo literário. E foi uma experiência maravilhosa. 

Recentemente fiz uma releitura dele,  para atualizar a resenha e estudar a escrita e a carreira da escritora.

O livro é narrado em primeira pessoa pela Nina, uma jovem atrapalhada, engraçada, que vive brigando com Santo Antônio, para trazer seu futuro marido o mais breve possível. 

Amigas imperfeitas conta a amizade de Nina, Pâmela e Manuela, amigas inseparáveis, que se encontra uma vez por semana em um bar para fofocar, apelidando este encontro como a noite do batom. Outro ponto maravilhoso é a regra OFI ( só Lendo e entender)

"Já esqueceu de que essa noite é proibido paquerar? E outra, para de pensar em homem, pelo amor de Deus! será que dá para mudar o discurso? (p. 17)

Amigas inseparáveis, cada uma tem sua vida particular, umas bem sucedidas, e todas com seus problemas.

"Nós três somos amigas desde o sexto ano do colégio Barão de Campinas. Na verdade éramos quatro. Tinha Kau - único menino que aceitou viver sob nossas regras e, por isso, se tornou o representante masculino da turma dos Lokes - nome que Kau deu para nossa turma." (p. 29)

Inicialmente o livro narra a rotina de Nina e a amizade das amigas. Não muito longe, entra dois personagens que chega para tumultuar a vida das amigas, Alexander e Nathan. A entrada deles, dá um UP na leitura, proporcionado mais diversão e aventura.

A Nina, está em crise e as amigas tentam a qualquer custo animar. Mas ela, é encucada com um cafajeste, e não consegue esquecer a figura.

"Estou cansada de recomeçar. Cansada. Tenho 28 anos! até quando vou ficar nessa de recomeçar? (p. 101)

Até que um determinado momento as amigas, mais os rapazes (que já são grandes amigos do trio) resolvem se aventurar em uma viagem.

Assim, entra, a parte mais deliciosa desta leitura. Leila Rego usou da sua formação em Turismo com Louvor, e alegra os leitores com banho de cultura e muita diversão. 

Nesta viagem acontece de tudo, passeios, dias de paz, dias tumultuados, descobertas, traição, reencontro, amores.
"Pegamos o último barco no Pontal do Sul para a Ilha de Mel. Por ser horário de verão. o céu ainda estava claro e Sol começava a se pôr." (p. 230)

"Deus poderia conceder para cada ser humano uma chance. assim, uma única chance de voltar ao passado para reparar nossos erros." (p. 182)
Ao chegar na reta final, coisas são reveladas e rumos da vida são alteradas. Com isso, vem momentos de muito suspense na leitura.

A autora, consegue nos envolver com as aventuras, suspense. Consegue também nos proporcionar uma viagem maravilhosa. E o melhor, possibilita rir, mas rir muito alto das atrapalhadas dos personagens.

*****

O livro tem muitos diálogos, diversão, paisagens (imaginária). Oferece ao leitor momentos hilários, aconchegantes. Recomendo a leitura para qualquer momento. A nota no Skoob foi ...

***** 5 estrelas

 Por toda alegria e prazer que esta obra proporciona.
A escrita da autora é leve, moderna, o tom de humor faz qualquer leitor devorar. A capa é linda (esta da foto é a segunda edição). E a moral da leitura é: "Aproveita a velhas e as novas amizades que construímos na vida, com intensidade e amor"
"Um dia você  vai conhecer alguém que te fará entender por que você precisou sofrer antes de amar de verdade." (p. 207)

Semana Leila Rego continua,
Amanhã tem mais.
Beijos
Paty  


Nenhum comentário:

Postar um comentário


© BOLG DA MARY - 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: MARY DESGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo