Semana Escritor: A Pausa do Tempo - Valéria Martins





ISBN-13: 9788566605051
ISBN-10: 8566605055
Ano: 2013 / Páginas: 156
Idioma: português 
Editora: Jaguatirica Digital


SINOPSE:
Com "A Pausa do Tempo", Valéria Martins, jornalista, escritora, blogueira e agente literária, presenteia seus leitores com textos colhidos do seu blog, crônicas tecidas com sutileza e perspicácia, reflexões lúcidas acerca da vida e da morte, do amor e do tempo, do cotidiano, família, amigos, viagens, literatura, música, cinema.
Sem sair da suavidade, sem nunca perder o tom, Valéria lança, sobre si mesma e sobre o outro, um olhar às vezes leve e divertido, outras vezes denso e doloroso, mas sempre cheio de confiança na vida, no ser humano e em Deus.


RESENHA:


“A pausa do tempo é uma parada para respirar e observar a si mesma e ao momento presente, para retornar ao eixo antes de a vida continuar.”

Sabe aquele livro que você acha que foi feito especialmente para você?

Assim aconteceu com quem ler, ao apreciar A Pausa do Tempo. A Valéria consegue transformar suas crônicas em uma leitura SUBLIME.

Este livro é um leitura são relatos, escrita entre, Janeiro de 2008 até Dezembro de 2011, para o blog que titula a obra. O fato é que a leitura, é uma vivência simples, chegando alguns momentos com experiências inusitadas do  dia-dia da Jornalista, seja no trabalho, na vida pessoal, na vida cultural ou sobre suas viagens.

A leitura deste, é dividida em sete temas, cada uma contém seis crônicas, ou mais, sempre focada com sua experiência pessoal. Às vezes vivenciadas, às vezes por meio de um bate papo entre amigos.

Logo no início ela separa cada tema com seguintes títulos:
  1.       Reflexão;
  2.       Amor;
  3.       Literatura
  4.       Cotidiano
  5.       Viagem
  6.       Cinema
  7.       Amigos do blog


 O último tema, tem apenas uma crônica. É mais um agradecimento, o que não deixa de ser uma leitura supremo.

Portanto, uma mistura de reflexão da leitura, com a  vida e muitas vezes, refletindo sobre  escolhas. É inevitável falar sobre A pausa do tempo, sem poder olhar para si e de como algumas atitudes pode mudar seu dia. 

“...a escrita sempre permeou minha vida. Foi por isso escolhi a carreira de jornalista, que me  conduziu ao trabalho com livros e escritores.”

Foi nesta frase que eu presenciei proximidade com a autora. Por compartilhar do mesmo amor.  Prometendo experiências e momentos emocionantes; 

Dito e feito, pois cada crônica segue-se com lealdade ao título, ou seja, a cada leitura, uma pausa no tempo, para refletir, vivenciar aquele texto, sentir as palavras.

Em Reflexão, o primeiro texto que chama atenção é: coragem de se aventurar. A crônica é inspiradora e prporciona reflexão sobre rotina, o dia. E em quão, nos acomodamos na nossa zona de conforto,  não queremos perder a estabilidade de nos arriscarmos mais. Dolorido é ver que isso pode acontecer logo cedo. 

Comigo foi assim, ser boa filha, ser enraizada, ser bem família, impediu, por exemplo, eu encarar e escolher o Jornalismo como profissão (que amo loucamente), por um simples motivo: medo, falta de coagem de morar longe, de sair da minha zona, onde tenho tudo e me arriscar em um novo que não conseguia visualizar o futuro.Resultado: não encarei o jornalismo (mesmo sendo apaixonada pela profissão) e estou na terceira graduação, Letras. Pelo menos, esta terceira, sempre foi minha segunda opção.


Não desistir. Portanto, pessoalmente fico estimulada em lutar por alguns sonhos como Jornalismo, letras, literatura.

“Refleti sobre esse fenômeno e concluí que a conquista da solidão, de estar só e bem consigo mesmo, é tão árdua que depois que chegamos lá não queremos nos aventurar a perder essa “estabilidade.”

Logo após este texto, vem outro melhor ainda. Aliás! Eu conseguiria trabalhar com facilidade cada crônica no blog, em um post especial, uma das coisas mais difíceis nesta resenha, foi justamente selecionar apenas algumas para mencionar nesta resenha.

Ser dono do tempo, esse sim é o maior luxo e sonho do ser humano, em especial das mulheres, que não abre mão da sua família e independência. Neste texto tem a participação de Paulo Coelho, ela relata uma história maravilhosa, onde paramos e pensamos, ISSO QUE É VIDA !

“Passo a metade do dia lendo, porque ler é parte do trabalho de ser escritor, e a outra metade escrevendo.”

Qual seu maior sonho? É mais uma crônica deliciosa que faz listar  sonhos. 

Conexão com a essência; Coragem de ser feliz foram outros textos inspiradores em Reflexão. Depois vem o, Amor, com as crônicas, As ondas; o olhar de um homem; em Cotidiano, fico com Funeral Carioca, fiquei chocada com atitude de uns e achei graça de outros, mesmo não sendo algo para rir, confesso: a minha risada foi de medo. Grandes emoções, foi uma crônica fiel ao título; soltei gargalhada, com o rato escondido por baixo da geladeira;  e também chorei com a simplicidade e amor da Margô.

“A melhor coisa que eu aprendi na pouca convivência que tive com Margô foi o valor de uma família bem construída.”

A verdadeira idade faz nos refletirmos que este, é apenas algo numérico, é o seu espirito de viver que vai dizer, sua verdadeira idade. Emocionante mesmo, é a crônica Uma mulher linda, muito inspiradora e senti na pele da escritora.

O livro é simplesmente perfeito, cada texto é uma nova inspiração. Por esse motivo, deixo para o próximo post poder relatar minha experiência com dois temas especiais e que mais amei.

Alguém imagina quais?

Amanhã retorno com mais Valéria Martins e A Pausa do Tempo na Semana do Escritor.


Destaco Em várias crônicas vivenciei e refleti. Amei descobrir um pouco a rotina da Jornalista e escritora.

RECOMENDO Muito, é uma leitura que você pode ler de vez, como pode ser lenta e refletir em cada crônica. Vai ser um livro que irei ler mil vezes e sei que a cada releitura, nova direção, novas reflexões, nova Pausa do Tempo, surgirá sobre a vida.








Patrícia Brito

Nenhum comentário:

Postar um comentário


© BOLG DA MARY - 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: MARY DESGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo