Conto: Filho da Rua - Kati Martins




Concurso literário Brasil em prosa. Amazon e Globo.


Narrada em terceira pessoa o conto conta a história de Washington.

Inicia contando uma confusão na rua em seguida ele passa na padaria de onde recebe pão de Jean, um homem bom que sensibiliza pela vida de Washington e prepara o lanche. Na padaria trabalha Cristina. Uma jovem que adora observar a vida alheia.



A droga era um dos alimentos de Washington nessa vida de rua.



A mãe apanhava do padrasto até sangrar, a vida de Washington realmente não é nada fácil. Paralelo a sua história de vida conta a a vida de Jean e Cristina, duas vida semelhantes, só não é igual porque ambos tem personalidades e visão sobre a vida bem diferente.

E a parte dolorida do conto, na qual chorei litros foi quando injustamente Washington tem um desfecho horrível em plenos sonhos sobre a vida. Uma dolorosa realidade da vida.

O QUE AMEI: o conto é uma história muito bem construída e não deixa de ser uma dolorida realidade. A narrativa é maravilhosa e envolvente.

O QUE NÃO GOSTEI: Não encontrei

RECOMENDO: Sim! Mais um conto maravilhoso e um pouco doloroso. Por ser bem real e injusto. Enquanto uns tem e reclamo, outros lutam sem fazer mal a ninguém, mas nem sempre é isso que visualizado por terceiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


© BOLG DA MARY - 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: MARY DESGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo