Como Eu Era Antes de Você - JoJo Moyes



Ano: 2013 
Páginas: 320
Idioma: português 
Editora: Intrínseca



SINOPSE

Como Eu Era Antes de Você - Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.

Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.



RESENHA


"...Ninguém quer ouvir você falar que está com medo, ou com dor, ou apavorado com a possibilidade de morrer por causa de alguma infecção aleatória e estúpida. Ninguém quer ouvir sobre como é saber que você nunca mais fara sexo, nunca mais comerá algo que você mesmo preparou, nunca vai segurar seu próprio filho nos braços..." (220)


Quem inicia a leitura deste livro, tem que preparar o emocional . E mesmo preparando não tenham dúvida, sairão exaustos e abalados dessa leitura. 

Como eu era antes de você tem narrativa em primeira pessoa. este estilo tem que ter um cuidado especial, para não cansar o leitor. Porém, neste caso especifico foi uma adorável apreciação;  por conter narrativas de outros personagens, além dos principais. 

A estória é de Will e Lou (Louisa) começa com o prólogo em 2007, é  a única parte do livro que é narrado em terceira pessoa, onde Will em um dia chuvoso de Londres, ele encontra-se arrumando para ir ao trabalho. A namorada dorme em seu apartamento e já se encontra exausta das viagens aventureira do então namorado.

 É quando o Will sai para trabalhar que o acidente acontece. E é este dia, que vai mudar e deixa a vida dele de cabeça para baixo.

Louisa, acaba de perder um emprego de garçonete, na qual ajudava a família no orçamento da casa. E ela não tem muita opção a não ser aceitar ser cuidadora de um tetraplégico. 

No início, ela e Will, se estranham. O contrato é de seis meses e mesmo assim Louise aceita o emprego, até por ela não ter experiência no mercado profissional, sendo assim, não podendo escolher trabalho melhor.

"Will recebe todo o cuidado médico que podemos oferecer. Queremos uma pessoa forte... e animada...Ele tem uma vida...complicada, e é importante que seja incentivado..." (28)

Com a hostilidade de Will, Louisa não tem muita opção, então ela apenas faz o seu trabalho. Fazendo assim, repensar muito neste novo emprego. A família de Louisa tem medo da filha não aguentar o novo emprego, pois é com ele que a família consegue sobreviver. 

"...ele é sarcástico e mesquinho comigo. Toda vez que eu digo ou sugiro alguma coisa, ele me olha como se fosse uma idiota." (42)

Mas com um tempo Will se rende e a aproximação bem devagar acaba acontecendo. O humor dele começa a mudar, ficando-o mais leve;  todos percebem que a Louisa simplesmente faz muito bem para o rapaz.


Isso muda quando a irmã de Will, Georgina chega fazendo escândalo em casa. 

Depois de alguns ocorridos com a chegada da irmã, Louisa sem querer (querendo) escuta a conversa da mãe Sra. Traynor e da filha, e passa entender todo o seu trabalho, o motivo do contrato ser apenas de seis meses, o motivo de mesmo sem nenhuma experiência ela foi contratada. Diante desta descoberta, Lou fica desnorteada sem saber o que fazer. E resolve pedir demissão.

É neste momento que o livro, proporciona uma pequena reviravolta. É quando Louisa exigi mais da patroa, Já que ela foi contratada para tentar fazer Will desistir da loucura de acabar com sua vida, ela impõe regras para que Will curta mais a vida e sair mais de casa. Então começa um parte "divertida" e contagiante da obra. É também uma parte de estudo e pesquisa da Louisa.

Will também não fica atrás, e passa a incentivar Louisa a fazer planos, ter objetivos, divertir um pouco, conhecer a vida além da sua pacata casa, família e cidade.

"...Viva um pouco. O que impede?" (188)

Inicia-se nesse momento as várias tentativas de Louisa com apoio da família Traynor. A primeira é frustrada e deixa Will arrasado, mas depois as coisas começam a dar certo. Porém Will tem uma saúde frágil, qualquer coisa fica mais grave com ele, então as idas ao hospital, tornam-se corriqueiras.

Em uma tentativa de sair de casa. Louisa leva Will para assistir um musical. É uma das cenas mais bela.

Mas quando Lou resolver morar com Patrick seu namorado há seis anos, é que as coisas voltam a esfriar entre ela e Will. E percebemos que Will inicia uma paixão por sua cuidadora. 

"...E estou apenas dizendo que eu preferia, uma vez que Will gosta muito de você, que você tivesse esperado mais um pouco para esfregar sua... felicidade na cara dele." (212)

O beijo entre os dois acorrem já no final do livro. E é esse beijo que realmente acontece algumas decisões e desfecho da obra.

"Eu entendo que podia ser bom. Entendo que, com você, talvez fosse até uma vida muito boa. Mas não é a minha vida. Não sou igual a essas pessoas com quem você fala. Não é a vida que eu quero. Não chega nem perto." (283)

Na visão pessoal, o livro é uma verdadeira lição de vida, é delicado, e trata um assunto polêmico, a eutanásia. Eu não consigo ter uma opinião própria sobre o assunto. Fico dividida em: só Deus poder tirar a nossa vida, e que, pessoa na situação de Will, pode ter o direito de escolher. Mas a questão é: E a família como fica? Neste livro, tem esse drama familiar diante do pedido do Will, a reação da mãe, pai e irmã. São momentos infinitamente doloroso

É um assunto delicado, e o livro Como Eu Era Antes de Você, conseguiu trabalhar  bem o drama de Will. Mesmo não concordando com o final.




O destaque fica por conta da estória ser realmente linda, as coisas acontecem naturalmente. O assunto é tratado com delicadeza e respeito. A cena da viagem dos dois é uma parte deliciosa do livro. Ficou estranho a demora de Will e Louisa descobrirem o amor um pelo outro, e pelo pouco tempo juntos. A autora poderia trabalhar mais a união do casal. RECOMENDO Sim! Mas vai preparado. Apreciar esse tipo de leitura exigi fôlego. 







Patrícia Brito



  

6 comentários:

  1. Um livro desse gênero é só na base do elogio para eu pensar em ler, e é o que está acontecendo com Como eu Era Antes de Você, acho legal ler histórias lindas, mas o lado do sofrimento também chega a me incomodar!
    E essa coisa do amor ser meio tardio é desgastante!

    Blog: Dei um Jeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha! Se apreciar a leitura, se prepara. Alguns já tinham pincelado o que eu encontraria no livro, sabendo que sou bem emotiva. Preparei, mais não adiantou muito. É mais um livro que vai ser difícil sai da mente. Já estou lendo outro, mas com esse ainda vivo em mim. Mas vale muito, é sofrido, mas é lindo. O assunto é delicado, comovente, eleva a alma.
      Obrigada pela visitinha.
      Bjocas

      PS: Se ler, nos conta depois.

      Excluir
  2. A historia parece ser sensacional!
    Aborta a dificuldade dos personagens em se envolver. Como conviver com uma doença e continuar vivendo. O ruim é que essa historia tira rios de lagrimas rsrsrs.
    Mas, o autor esta de parabéns, conseguir arrancar um sentimento desses no leitor e a prova que a obra esta excelente.

    Paty ameiiii sua resenha, acredito que conseguiu passar a ideia do livro. Ficou muito bom!
    Bjss :-)

    ResponderExcluir
  3. Eu simplesmente amo esse livro, e AMO essa autora! Não tem um livro dela que eu não goste. Mas você tem toda razão. Esse livro é muito sofrimento! E a Lou fica em uma situação que até hoje não posso suportar só de lembrar! A autora sempre explora temas fortes de forma delicada e nos coloca com os sentimentos a flor da pele... Mas simplesmente amo! E sua resenha ficou perfeita!! Como sempre! Um beijão pra ti :*
    entreumlivroe-outro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oie, Paty!
    Menina eu li este livro, se quiser dá uma olhada na resenha aqui está o link (http://maisumpracolecao.blogspot.com.br/2015/05/resenha-como-eu-era-antes-de-voce-jojo.html) e como eu chorei..... chorei demais quando terminei a leitura!
    Me apeguei muito a história e Jojo Moyes nos mostra as dificuldades enfrentadas por pessoas que possuem alguma limitação!
    Jojo soube criar um romance lindo ♥ E estou querendo todos os livros dela hahahahah
    Ahhh e vai ter continuação de "Como eu era antes de você" que é "After you" (Depois de você), porém sem data de lançamento no Brasil!
    Espero que o lançamento seja logo em breve!!
    Adoreii a resenha!! E já estou seguindo o seu blog!! Muito fofo *--*

    Beijos e Sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Erika, correndo para ir lá ver sua resenha. Mas vou lhe contar, esse mês minhas leituras foram deprês. Essa história é linda, profunda, delicada e triste. Estou com ela até agora na mente.

      É o primeiro livro da escritora que conheço e também quero conhecer outras obras dela.
      O livro que estou encerrando hoje a leitura é tão triste e semelhante "outono de sonhos" da escritora brasileira Adriana Brazil.

      Comecei e encerrei o mês com histórias tristes. Mais lindas e profundas. Verdadeiro trabalho a alma.

      Muito obrigada pelo carinho.

      Beijos

      Excluir


© BOLG DA MARY - 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: MARY DESGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo