Simplesmente Acontece - Cecilia Ahern Livro X Filme



Autora: Cecilia Ahern
Ano: 2015 
Páginas: 448
Idioma: português 
Editora: Novo Conceito
SINOPSE
Simplesmente Acontece - Você acha que é possível existir amizade verdadeira entre um homem e uma mulher?


O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para a outra simplesmente não conseguem ficar juntas?



Desde crianças, Rosie e Alex viviam juntos. Todo mundo achava que eles tinham nascido para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família de Dublin para os Estados Unidos.

Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de e-mails, mensagens de textos, cartas, cartões-postais... Ele se tornou um cirurgião renomado... Ela continua correndo atrás do sonho de trabalhar em um hotel luxuoso. Os desencontros, as circunstâncias e uma absurda falta de sorte os mantiveram longe um do outro – até agora.

Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.

Resta saber se eles vão ter coragem de apostar tudo, inclusive a própria amizade que os une, num amor para a vida inteira. Que tipo de surpresa o destino reserva para eles desta vez?

Cecelia Ahern nos presenteia com outra de suas histórias de amor mais do que possíveis, mas não por isso menos mágicas... Os personagens de Simplesmente Acontece são cativantes e supercomuns – e é justamente por isso que torcemos tanto para que sejam felizes. As lições deste livro? A vida passa rápido, e alguns erros, mesmo que pareçam bobos, podem carregar você para longe da felicidade.


RESENHA

Uma narrativa em forma de cartas.
Ao nosso mundo contemporâneo é e-mail, redes sociais 

A história se baseia no inicio da amizade da Rosie e Alex. A benquerença começa aos cinco anos e com idas e vindas, dificuldades, brigas casamentos, a união permanece.

"...Por favor, fale o que está acontecendo. Estou ficando louco"(44)

A história de fato é realmente linda. A personagem Rosie é super divertida.  Eles trocando bilhetes na escola, levando suspensão, o ciumes camuflado da amizade. O medo evidente de se entregar e estragar a amizades. Os bilhetes de aniversários. Muitas cenas bem descrita e envolvente.

"...Voltar para ficar com você me pareceu a coisa certa a fazer..."(48)

O primeiro beijo de Rosie e Alex e frustrante.

A medida que a idade avança, novos personagens entram na história. A Bethany, o Bryan chorão e pai de sua filha, Tem a amiga Ruby e a família de Rosie.

A amizade passa por uma transformação quando Alex junto com sua família tem que se mudar para Boston. E Rosie por mais que queira e tenta ir, a sua gravidez impede.

"...Você é maravilhosa, bonita, inteligente e, se tivesse algum conhecimento de doenças coronária, eu mesma contrataria."(93)

E ai inicia um vida digamos que "bem azarenta" para Rosie. É impressionante como nada na vida dar certo para ela. Os seus empregos, sua amizade com Ruby, as fases da sua filha Katie, o Greg e como ela conduz seu casamento.

   " Eu nuca deveria ter permitido que o seus lábios se afastassem dos meus anos atrás, em Boston. Nunca deveria ter me afastado. Jamais deveria ter entrado em pânico. Nunca deveria ter perdido todos esses anos sem você....Amo você, Rosie, e quero ficar com você, Katie e Josh. Para Sempre." (143)

A filha tem um amigo homem e tudo que ela viveu com Alex é praticamente vivenciado pela filha, mesmo com as excentricidade.

Enquanto a carreira de Alex e sua vida é puro sucesso. Mesmo fazendo escolhas erradas na vida amorosa.

A história é estimulante, mas a escrita como leitora não favoreceu.
Primeiro: O livro é todo, todo mesmo narrada por carta, e-mails, msn.

Segundo: O tempo da narrativa - o casal começar a se entender e descobrir que a amizade é muito mais após 40 anos. Imagine 40 anos de muita trocas de e-mail.
Em um determinado trecho, em um dos e-mails narra o agradecimento de ambos por se encontrar, mas não detalha ou expõe o encontro.

Terceiro: O Alex do livro é um personagem chato.

Foi uma leitura com saldo negativo como leitora. Esperava mais, da narrativa, enredo, cenário. 

FILME:





O Filme para mim é o oposto do livro

O filme inicia no segundo casamento de Alex e  volta com  a lembrança dos 18 anos de Rosie.
E a amizade dele é com a mesma intensidade que o livro expõe. Desde os cinco anos.

No Filme senti mais emoção com a história do Alex e Rosie. A narrativa do filme é mais límpida.

Os desencontros é mais bem narrado, as batalhas, o cenário é mais prazeroso.

O filme tem algumas diferenças do livro somando e deixando o filme mais divertido de apreciar. 

1. O Alex é mais fofo, é tímido. 
2. A Rosie continua divertida. E ela é uma mãe e filha muito fofa.
3. A família da Rosie é diferente.
4. O motivo de Alex ir para Boston é outro e não a família como no livro.
5. O tempo que ocorre o filme e a vida de Alex e Rosie até o final é bem mais curto, fazendo ter mais lógica.







2 comentários:

  1. Essas sua resenhas!!! Amo, amo, amo!! Agora falando aqui entre nós que já lemos... Eu também não gostei nada do livro! Como já disse, é só mais uma daquelas leituras passa tempo. Que é só para distrair mesmo. Mas você já pode me bater, credita que eu ainda não vi o filme?? Acho que estou com medo... Mas vou parar de ser boba e assistir logo! Aí eu venho te contar o que achei! Um enorme bjo e concordo plenamente contigo em tudo que você falou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista o filme. O filme é infinta vezes melhor que o livro!
      O livro não consegui guardar e fiz troca de tão decepcionada fiquei.

      Beijos

      Excluir


© BOLG DA MARY - 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: MARY DESGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo