Fevereiro - Livro do Mês


Então! O vencedor do mê vai para: 


Vamos as explicações.

Quem me acompanha e conhece um pouco, sabe como sou louca, doente pela trilogia Cinquenta Tons de cinzas. Sabe como amo o personagem Chistian Grey. Mas o último livro, achei muito chatinho, mesmo obtendo cenas de suspense, e agitada. Amo a trilogia, mas realmente o final não foi meu predileto. 

As outras leituras do Mês, O Guardião e Perto de você, foi uma leitura deliciosa. Nicholas Sparks dispensa comentários e o primeiro de Bella Andre mesmo desanimando no meio do livro, no final obtive um saldo positivo.

Mas o Livro Uma Herança de Amor - Quando o fim pode ser o começo. Superou todos.
A resenha sai em breve, mas adianto que a Lycia Barros superou todas as minhas expectativas. Se eu já amava a coleção Despertar, agora amo loucamente a coleção Uma Herança de Amor. Meu amor literário era o Rico, agora estou dividida entre ele e Adam. Isso por ainda está lendo o primeiro. Ainda faltam  dois.

Estou vendo que não vou resistir em emendar a leitura da coleção logo atrás. Eu que costumo alternar para não viciar nos personagens, acho que irei fazer diferente, e partir logo para Uma Herança de amor - Armadilhas do destino.
Breve posto minha decisão


Leituras de Fevereiro (e Janeiro)



1.



Apreciei a leitura do último livro da trilogia morrendo de medo. Mesmo não sendo meu predileto. Sr. Grey é tudo de bom!















2.








Um dos livros mais diferente que apreciei do Nicholas Sparks. Não é meu predileto mais gostei muito.











3





Comecei a ler ele empolgada, no meio do livro desestimulei e no final voltei a empolgar. Gostei muito mas esperava mais.                                                                                                      











4.




Para tudo gente! Que livro é esse? Muita raiva de mim mesma, brava de mais por enrolar para pegar e ler esse livro. Lycia Barros superou Nicholas Sparks. Ainda estou lendo. Mas até sexta finalizo e volto para divulgar o vencedor do mês de Fevereiro.












Vencedor do Mês de Fevereiro


LEITURAS DE JANEIRO














































3. Segredos de família










































5. Seis Anos Depois - Halan Coben












ACONTECE - KATI MARTINS


Tanto tempo buscando minhas certezas
E quando tudo parece que está no lugar já vem vindo outro vendaval
Que me joga de pernas para o ar          
Bagunça tudo aquilo que demorei de organizar
Confunde a direção do seu perfume
Eu vejo outros olhos, outra boca a textura já mudou
Não posso permiti, o problema é que nossa história acabou
Minha cabeça roda... Não tem mais vento, permaneço no ar
Sobrevoando sobre todo o transtorno que ando causando
Personalidade se divide, exponho minhas fraquezas
Não resisto e olho de novo, volto pairando
Tudo o que houve tudo que foi bonito, que foi verdadeiro, se mostrou tão mortal quanto eu.
Eu tão cheias de defeitos, tão incompleta de perfeição 
Parece até brincadeira querer beleza nas minhas coisinhas
As borboletas de antes continuam se batendo, não há espaço para todas.
Sei o que eu devo fazer achar um caminho e chamar de destino 
Mas o problema é o que eu quero
A questão é que ando tão realizada
Que às vezes tenho medo da felicidade que é a vida
Quis tanto chegar, e agora não quero sair.
Desconheço o certo
Percebo o perigo.
Kati Martins

De Todas as Coisas - TMartins


De todas as coisas...

Relendo nossas conversas pude notar que o que nos juntou foram nossas frustrações, foi uma espécie de compartilhamento de histórias tristes e parecidas, entendia sua decepção ao ponto que você entendia meus arrependimentos... A desilusão nos união e como o mundo não para de girar me apaixonei, me encantei e mais uma vez, me ferrei. Não se sinta vilão, essa parece ser minha sina de mocinha indefesa com um coração vagabundo sempre disposto a perambular em meios sorrisos...

De todos os caras que por aqui passaram você foi o que tive certeza que não iria durar, alias até agora não sei como continuei aquela conversa chata. O certo é que sem perceber foi tornando-se mais próximo, menos esquisito, mais charmoso; uma equação perfeita para mais uma vez amar eternamente nos próximos três meses. Sim, meus amores platônicos duram menos que a estação, e daí? Talvez pela minha coragem desbravadora de me entregar de corpo e alma, às vezes mais em corpo às vezes mais em alma, o fato é que vivo em extremos. 

Bebo muito, rezo pouco, tenho muitos sapatos e nenhuma roupa para sair, tenho uma lista negra, mesmo não guardando rancores. Ou talvez seja somente um desses desvios que a vida faz, tirando a gente dos eixos por puro prazer de nos mostrar o quanto pode ser mágico viver com borboletas no estomago.

De todos os desejos, desejei que as conversas durassem sempre um pouco mais, essa nossa mania de tecer comentários críticos e irônicos sobre a vida alheia daria um excelente SitCom (sem as gargalhadas de fundo); a incompatibilidade musical me mostrou que é possível ouvir um samba não estando em fevereiro. Vai vê foi isso: o teu mistério se esconde em um daqueles sambas calmo, sereno que dura o tempo suficiente. Feito os do Cartola que a gente sente falta antes de chegar ao final, porque vai se acabando, esvaindo... Este foi teu segredo.

De todas as coisas, queria novamente o teu jeito de me olhar, ainda que fosse um olhar meio vesgo meio sonso, era quase um abraço com direito a declarações sussurradas ao pé do ouvido. Aquela malícia que só quem deseja tem e só que é desejada sabe. Fazia do teu peito um abrigo, seus pêlos um incentivo para minhas mãos descobrirem os melhores caminhos. Já não consigo disfarçar.  Chegamos a um ponto que a amizade colorida tomou contornos abstratos, e dentro desse corpo de mulher moderna, vive uma moça que sonha em encontrar o príncipe. Nunca foi minha intenção. Juro.  Mas meu coração é descarado faz o que bem quer.


Dessa vez não vou correr atrás fingindo arrependimento, ou fazer alguma gracinha em forma de desculpas. Preciso me certificar que sentes realmente algo, ou se fui somente uma companhia para tempos difíceis; ainda assim de todas as coisas espero um convite inoportuno cheio de terceiras intenções justificado com um vinho tinto barato. Peça-me pra ficar, eu fico.

TAG 7 Coisas


Essa TAG eu fui ver no blog Entre um livro e outro e amei, amei as respostas de Anya e fiquei mais fã dela. Já estava pensando em raptar e avisar a Anya quando no final apreciei o nome do meu blog como indicado. Ela é uma fofa!

A Tag eu tenho que falar sete coisas para cada tema. Portanto é uma forma de conhecer um pouco sobre mim.
Vamos começar.

7 Coisas para fazer antes de morrer

1. Escrever meus livros.
2. Trabalhar no que amo.
3. Ser uma boa mãe. 
4. Viajar pela Europa com o meu Amor (especialmente Inglaterra e Irlanda)
5. Viajar de Moto pelos EUA com um grupo Motociclistas.
6. Construir meu cantinho de leitura na minha casa.
7. Cuidar bem dos meus pais na sua velhice.

7 Coisas que eu mais falo

1. Caraca!
2. Moça! Rapaz!
3. Sério?
4. Jura? 
5. essa bagaça!
6. Uai! (não adotei o oxi do baiano, acho que é meu amor por MG)
7. Nossa!

7 Coisas que eu faço bem

1. Dirigir. (Amo dirigir, acho que é por isso amo F-1)
2. Ler.
3. Conversar (e ouvir também)
4. Ajudar o próximo.
5. Visitar de 15 em 15 minutos as redes sociais.
6. Rir e chorar. (dois extremo mas  amo passar mal de rir e choro por qualquer coisa, até comercial de família feliz na TV)
7. Olhar o celular.

7 Coisas que me encantam


1. Pessoas do bem. (me apaixono quando encontro ser humano de bom coração, que faz o bem)
2. Pessoas bem humoradas. (amo loucamente quando encontro pessoas bem humoradas)
3. Gentileza. (copiei do blog Entre um livro e outro por que também amo e me encanta)
4. Crianças.
5. Homens que leem.
6. Humildade.
7. .Pessoas Poliglotas. 

7 Coisas que eu não gosto


1. Ficar sem internet.(copiei do blog Entre um livro e outro por que também odeio)
2. Mau Humor. (não suporto pessoa com mau humor)
3. Calor. (copiei do blog Entre um livro e outro kkkk por que também odeio)
4. Livros  financeiros; distopia e fantasia.
5. Acampar e casa de Praia (ou casa de férias, algo nesse gênero - coloquei os dois juntos para ficar em sete. Ambos é pelo mesmo motivo, assumidamente! Sou fresca. Viajar, para mim; eu tenho que ter  meu cantinho de privacidade, no meu quarto, com ar condicionado, banheiro privado, não saiu da minha linda casa para estressar com casa cheia e bagunça)
6. Cozinha (não fervo nem água, odeio odeio, odeio cozinhar)
7. Gente Grosseira (principalmente com criança e idoso. Isso me mata)

7 coisas que eu mais amo

1. Deus.
2. Minha família.
3. O blog.
4. Ler.
5. Escrever.
6. Inglaterra.
7. Profissão Jornalismo.

(Anya, minha querida as cincos primeiras suas concordo em número, gênero e grau e preferi não alterar. Me perdoa?)

7 Blogs para responder essa tag


Como Anya indicou alguns blogs que amo e acompanho. Então indiquei outros que acompanho e alguns que acabo de conhecer e estou encantada. Não sei se esses blogs apreciam TAG, mas não custa tentar. 



Anya, Entre um livro e outro você é toda especial e amei ser indicada para essa TAG. Algumas respostas suas mantive não só por ser CC e CV mas porque também sou assim. Beijos
Espero que todos tenham apreciado. Essa simplesmente sou eu!

Seis Anos Depois - Harlan Coben



ISBN: 9788580412536
Ano: 2014  

Páginas: 267
Editora: Arqueiro

SINOPSE
Jake Fisher e Natalie Avery se conheceram no verão. Eles estavam em retiros diferentes, porém próximos um do outro. O dele era para escritores; o dela, para artistas. Eles se apaixonaram e, juntos, viveram os melhores meses de suas vidas. E foi por isso que Jake não entendeu quando Natalie decidiu romper com ele e se casar com Todd, um ex-namorado. No dia do casamento, ela pediu a Jake que os deixasse em paz e nunca mais voltasse a procurá-la.


Jake tentou esconder seu coração partido dedicando-se integralmente à carreira de professor universitário e assim manteve sua promessa... durante seis anos.



Ao ver o obituário de Todd, Jake não resiste e resolve se reaproximar de Natalie. No enterro, em vez de sua amada, encontra uma viúva diferente e logo descobre que o casamento de Natalie e Todd não passou de uma farsa.



Agora ele está decidido a ir atrás dela, esteja onde estiver, mas não imagina os perigos que envolvem procurar uma pessoa que não quer ser encontrada.

Em Seis Anos Depois Harlan Coben usa todo o seu talento para criar uma trama sensacional sobre um amor perdido e os segredos que ele esconde.


RESENHA

Primeira resenha suspense, primeira leitura do estilo, assumindo novo desafio ao vício.

A escolha por começar este novo estilo com o autor Harlan, com este livro específico “Seis Anos Depois” foi o resultado da pesquisa. Toda referência sobre o escritor são positivas. Alguns encontram falhas ou enredo não aprofundado, outros elogiam seu talento por mistério, suspense. Leitor curioso, não é influenciado, apenas ler para tirar suas próprias conclusões.

O livro é suspense do início ao fim. Até a última página.

A história toda se baseia na procura insistente de Jake Fisher por sua amada Natalie Avery. O leitor até pensa por um instante que terá cenas românticas, com belas discussões e polícia envolvida. Mas ilusão total. O livro é muito superior a isso.

Eles (Jake e Natalie) se apaixonam ao se conhecerem no sítio Novo Começo, mas ela o abandona para casar com Todd e no casamento faz Jake prometer a não procura-la nunca mais. Jake cumpriu a promessa por seis anos até descobri que Todd faleceu.


"...o desespero consegue mexer conosco e, se damos a ele algum espaço, respostas alternativas começam a surgir" (9)

Por conta do falecimento, do então marido, da sua amada, ele resolve quebrar a promessa e procura-la.


"Você fez uma promessa". (66)

Mas essa caçada, não só é perigosa, como tem muita coisa ruim envolvida. E nesse clima que Harlan narra quase 25 capítulos.


" uma característica da condição humana é que todos pensamos que somos singularmente complexo, ao passo que os outros são mais fáceis de compreender"(18)

Uma leitura enigmática, inteligente. 

A cada capítulo, o leitor pode ter vários pensamentos. Jake é esquizofrênico; Jake está maluco; Jake é um daqueles que entrou em depressão após ser abandonado. Raramente acredita-se de fato, que ele tinha alguma razão na sua insistente procura por Natalie.

O sítio Novo Começo é um mistério, personagens como Cooke, Bob,   Lanford College, também é puro incógnita assim como o amigo Benedit e a amiga Shanta Newlin

Isso por que tudo que ele viveu com Natalie até então parece que não faz sentido. Cada capítulo  aparece novos personagens, que saem ou ficam com a mesma impenetrabilidade que entrou.


"Você manteve a promessa durante seis anos. Por que mudou de ideia de repente". (82)


Em toda sua longa jornada de procura por Natalie, Jake tem o "apoio" do amigo Benedit Edwads e Shanta Newlin.

O Benedit é muito esquisito e, tem um grande amor perdido assim como Jake. 


"todos têm seus sonhos, esperanças, vontades, desejos e magoas. Todos têm um tipo próprio de loucura" (18)

Quando Jake é afastado da universidade, ele aproveita todo o tempo livre e mergulha em uma investigação que fica cada vez mais perigoso. Cada personagem novo que surgem é uma aflição. Mais mortes e desaparecimentos são descobertos.

"Sei que essa promessa foi um erro. Mesmo quando a fiz, quando vi Natali trocando aliança com outro, nunca acreditei que ela tivesse deixado de me amar....Não estávamos cegos de amor. Pelo contrário. O amor nos deixou de olhos bem abertos...Nunca deveria ter feito aquela promessa. Minha cabeça estava confusa, mas o coração não". (159)

Harlan é surpreendente e deixa o final engenhoso, onde cada peça tem uma ligação, onde tudo que estava separado tem algum significado. Porém, o livro é muito emocionante para um final sem sal. 

Uma obra criativa, enigmática e suspense do princípio ao fim
Escrita leve, contemporânea.
Cenário bem descrito.
Personagens poucos detalhados, mas ainda assim, faz a obra ser gostosa de apreciar. 

***

Visite meu site - escritora




ENTREVISTA BLOG LOVE LOVERS (II)




17. Vamos falar um pouco do seu blog, que não deixa de ser um trabalho.
Quantos anos tem? Conte para nós como surgiu a ideia do blog?
Tenho 22 anos, me tornei blogueira aos 13, mas criei o Love Lovers há cinco anos. Além dele, tenho outro blog, inclusive, mais famoso e mais antigo, onde publico minhas poesias. Mas isso é assunto pra outro post. kkkkk

18. Quais as primeiras dificuldades encontradas com o blog?

A primeira dificuldade que eu encontrei, no caso do Love Lovers, foi aprender a fazer uma boa resenha. Dar sua opinião sincera, sem ofender ou superestimar um livro é um processo complicado. Aos poucos fui aprendendo a balancear a crítica e meu trabalho hoje, é muito melhor que no começo.

19. Como é a rotina do blog? Quando ocorrem as atualizações?

Atualizo o Love Lovers sempre que leio um livro. Ou seja, pelo menos duas ou três vezes por semana. Minha rotina é baseada nas minhas leituras ou quando encontro algo que vale a pena compartilhar, publico para os meus leitores.

20. Você tenta passar alguma mensagem com seu blog? Ou simplesmente o blog é seu amor por leitura?

Sim, meu blog é um reflexo de mim. Não que eu seja cor-de-rosa, mas eu gostaria de ser, sabe? No meu mundo, o amor vem antes de todas as coisas, e criei o blog para compartilhar com as pessoas o que esse sentimento me traz. O nome Love Lovers traduzido seria algo como 'Amantes do Amor' e é o que eu sou, uma pessoa que de muito... só tem amor.

21. Quando você recebe livros (ou compra livros) para resenhar no blog, você tem algum critério de prioridade? Ou é por  ordem de chegada? 

A prioridade de leitura é definida pelo meu humor, geralmente. Claro, que algumas parcerias exigem uma dedicação maior, porque enviam livros com prazos específicos para a leitura. Nesses casos, eu leio os que tem prazo, mas sempre intercalando com os que eu quero ler por pura vontade. Sempre dou prioridade aos livros que em breve irão para o cinema.

22. Lembra da sua primeira parceria? Que empresa foi, conte sua primeira experiência de parceira. E Quais são as parcerias do blog hoje?


Sim, minha primeira parceria é até hoje a minha maior. A editora Novo Conceito acreditou no meu blog, quando ele ainda era pequeno e fez da minha estante umaverdadeira biblioteca com tantos livrosde cortesia. Ao total, em dois anos de parceria com eles, recebi aproximadamente 180 livros, e tenho orgulho de dizer que foi e continua sendo a minha melhor parceria. Hoje em dia tenho parceria com a Arqueiro, Sextante, Saída de Emergência, Schoba, a loja Pai Bárbaro e diversos autores nacionais.



"Obrigada Mariana por compartilhar seu mudo literário. O seu amor pelos livros é contagiante. O Seu blog está lindo, tudo de extremo bom gosto.
Sucesso total para ti.
Beijos"
Paty - Leituras Plus

BLOG LOVE LOVERS BLOG - SOBRE AMOR AOS LIVROS (I)


O Blog a ser entrevistado no mês de fevereiro é Love Lovers Blog - Sobre amor e livros . 
O Blog é administrada pela fofa Mariana Siqueira


"Uma garota que adora corações. Está sempre lendo. É estudante de Letras e isso não se nega. Amante das palavras. Tem um pouco de nerd, um pouco de artesã, um pouco de escritora, um pouco de poetisa. De muito? Só amor. Escuta flashback, chora no final do filme, gosta do clichê, acredita e tem fé. Fã de videogame e cinema. Tem fascínio pela semiótica. Gosta de corujas, vive como uma: noturna e observadora. Visionária, sonhadora, questiona os nãos. Sabe sorrir na mesma medida que sabe chorar. Cria universos, vive em seus versos. Tenta ser fofa, mas nem sempre consegue. Não quer ser esquecida. Não se encaixa nos padrões. Não aceita limitações. Uma romântica, apaixonada pelo seu noivo, futuro marido e eterno Amor". 

Primeiro, vamos conhecer seu amor por leitura. 

1. Conta  como surgiu seu amor pela leitura? Alguém incentivou?

Meu amor pela leitura começou ainda pequena, meu padrinho (já falecido)me presenteava com diversos livros de poesia portuguesa. Meus primeiros ídolos foram Fernando Pessoa e Florbela Espanca e isso fez com que eu me apaixonasse pelo romantismo lírico.

2. Qual foi o primeiro livro que você leu? Como foi essa experiência? 

O primeiro livro que eu li foi Bambi. Chorei por horas e talvez daí tenha nascido a minha paixão por dramas. Se um protagonista morre no final, um pouco de mim morre com ele.


3. Qual livro mais emocionante que você leu? Conte essa experiência.


Muitos livros mexeram comigo, mas um em especial tem um lugar especial no meu coração e na minha estante. A Mulher do Viajante do Tempo' de Audrey Niffenegger é de longe o meu livro favorito e me fez chorar por dias.


4. Já teve algum livro que você leu e te decepcionou? Conte sua experiência. 


Sim, muitos. Minha mais recente decepção foi o livro 'O Lago Místico' de Kristin Hannah. Ela é minha autora favorita e por isso, esperava muito dessa leitura, infelizmente o final foi tão ruim que eu quis jogar o livro pela janela.


5. Tem alguma escritor(a)  brasileiro(a) que você aprecia? Ouque contempla a escrita?


Sou fã de Samanta Holtz, uma grande autora a quem eu tenho na mais alta conta. Seus romances são incríveis. E também o querido Maurício Gomyde, que além de ser um autor fantástico, é de uma simpatia ímpar.

6. Algum livro especial?

Muitos, muitos mesmo. Mas um livro especial para mim é Proibido da Tabitha Suzuma. É forte, consistente, chocante, polêmico, emblemático e extremamente devastador.


7. Qual escritor internacional que você contempla? Por quê?


Sou fã de Nicholas Sparks, porque sou uma sonhadora, assim como ele. Para mim, o amor é a coisa mais linda do mundo. Tio Nick escreve com paixão, seus livros sempre me fazem chorar e eu tenho uma admiração enorme por sua história. Mas também não posso deixar de citar John Green, um autor que eu defino como genial. Seus livros mexem comigo e me fazem pensar. John Green me dá argumentos para questionar o mundo com propriedade. Eu leria até a lista de supermercado desses dois.


8. Já conheceu algum escritor pessoalmente? Se sim, conte como foi seu dia de fã.

Sim, já conheci vários autores. Mas uma em especial me marcou. Na última Bienal de São Paulo conheci Lucinda Riley, autora de A Garota do Penhasco, um dos meus livros favoritos. Ela é uma irlandesa super fofa, e muito atenciosa convidou minhas amigas para tirarem fotos com ela também. Tão incrível quanto seus livros, ela conquistou um lugar de destaque no meu coração.


9. Já leu algum clássico? Se sim, qual? Gostou?


Sim, infelizmente já li kkk. Não gosto de clássicos da literatura brasileira, mas faço Letras, então sou obrigada a conhecê-los. A maioria dos livros que eu li, detestei. Não gosto de Machado de Assis, apesar de saber que sua obra é uma das mais ricas para o estudo. Apesar da minha opinião pessoal, sei dar valor ao seu trabalho, são obras fundamentais para conhecer nossa própria história. Sou fã dos clássicos da literatura inglesa. Shakespeare é inigualável.


10. Quais estilos de livro você curte?


Gosto de romances e ficção. Em geral os romances românticos, mas leio também new adults, dramas, eróticos, fantásticos, biografias e young adults.


11. Qual estilo de livro e leitura que você não gosta?


Eu não gosto de terror e chic-lit.


12.  Tem alguma música que você acha que daria um belo livro?


Adoro a banda Passenger, na minha opinião, todas as suas músicas dariam livros. Em especial 'Things That Stop You Dreaming' que diz: 


"Não tenho dinheiro em minhas mãos, em meu casaco ou em meu bolso. Não chegarei ao espaço porque não tenho um foguete, mas tenho ar em meus pulmões, olhos no chão e um coração que bate..." 

É pura poesia e filosofia.


13. Você ler todos os livros que compra?


Eu tento. Mas em geral, eu compro livros demais e recebo ainda mais por conta de todas as parcerias que o blog tem. Não estou reclamando, mas eu adoraria ter mais tempo para ler tudo o que eu tenho para ler.


14. Você já teve de abandonar alguma leitura? Conte para nós a experiência.


Sim, quando um livro está demasiadamente chato eu o largo. A última vez que isso aconteceu foi com um livro da Tammy Luciano, que realmente me irritou. Afinal, a vida é curta demais para perder tempo com livros ruins.


15. Como você vê as feiras atualmente? Já foi em alguma? Se sim, Conte para nós como foi a visita?


Eu adoro feiras literárias. Sou figurinha carimbada na Bienal do Rio e de São Paulo e sempre me divirto muito com outros amigos blogueiros. No ano de 2014, estive na Bienal de São Paulo seis vezes. Eu praticamente estava morando lá kkkk. Conheci pessoas legais, fiz amigos para vida toda e pude reencontrar velhos conhecidos. A Bienal do Livro é a única época do ano em que eu me sinto parte de alguma coisa, ali, entre amigos, eu sei que não sou mais a esquisita que está sempre lendo um livro.


16. Você já teve vontade de escrever algum romance? Livro?


Sim, inclusive estou escrevendo. Quem sabe em breve não teremos novidades sobre isso? Meu futuro livro fala sobre um rapaz que se apaixona por uma jovem no treinamento naval, as consequências desse amor proibido vocês vão conhecer logo, logo. Escrevo também poesias, desde a infância e as publico em outro blog chamado O Amor em Poesia.

© BOLG DA MARY - 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: MARY DESGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo