CHARLOTTE STREET - DANNY WALLACE



ISBN: 9788581630038
Tradução: Bruna Cruz
Número de páginas: 400 
Ano: 
2012
Editora: Novo Conceito


SINOPSE
Tudo começa com uma garota... (porque sim, sempre há uma garota...) Jason Priestley acabou de vê-la. Eles partilharam de um momento incrível e rápido de profunda possibilidade, em algum lugar da Charlotte Street. E então, em um piscar de olhos, ela partiu deixando-o, acidentalmente, segurando sua câmera descartável, com o filme de fotos completo... E agora Jason — ex-professor, ex-namorado, escritor e herói relutante — se depara com um dilema. Deveria tentar seguir A Garota? E se ela for A garota? Mas aquilo significaria utilizar suas únicas pistas, que estão ainda intocáveis em seu poder... É engraçado como as coisas algumas situações se desenrolam...


RESENHA


Inicia narrando a Historia de Jason Priestley com uma jovem, que ele ajuda a pegar um táxi na Charlotte Street, ele termina ficando com a câmera descartável de 35 mm da moça.

" Porque ela não foi a primeira garota em quem você pensou. Ela foi a segunda garota em que você pensou. Um dia ela será a terceira, e então você não pensará mais nela" (189)

O livro inteiro na maior parte se passa na Charlotte Street, o que é perfeito para os apaixonados por Londres.



A narrativa é muito confuso. Narrado por Jason Priestley (nome do ator de barrados no Baile e do astro musical, recebe muitas piadas com seu nome). Jason sofre por ter perdido o amor de Sarah (que encontra-se no melhor momento de sua vida, ficou noiva de Gary). 

Ele Dividi o apartamento com o amigo Dev.  que mora no Caledonian Road e segue a carreira de jornalista Freelancer. 

"Destino não existe. Razões Existem" (201)  "você escolhe qual razão seguir"

O início, Jason sofre com o noivado de Sarah, sua ex mulher. Mesmo relutando, ele liga para Sarah e acaba descobrindo que na semana anterior ele deixou mensagem desaforada na pagina do facebook dela e do noivo Gary. Mas Jason não lembra e descobre que estava bêbado. 


O Livro vai narrando a nova rotina dele  no Jornal London Now (ele é freelancer), onde tem Zoe ( muita atenção nessa garota) colega dos tempo de faculdade, como o alicerce na sua carreira jornalistica. 

"Acredito que haja algo bom em não saber das coisas. Existem muitas coisas que não sei. E muitas coisas que sei, mas preferia não saber. Mas não saber, e não saber que você não sabe, é outra coisa. Isso refresca a mente. Significa que você pode planejar". 

Lá no capítulo 4, a mesma mulher que ele esbarrou no início do livro, Jason esbarra novamente, ainda tenta ir atrás  com a câmera descartável dela, ele não consegue alcança-la. 

Nesse capítulo em diante começa a caçada por essa moça misteriosa. O Dev, amigo e companheiro ajuda muito e dar inúmeras idéias ao amigo.

Os dois juntos fazem algumas loucuras, como revelar o filme e com as fotos sai a caça pelos lugares onde ela passou. 
Até a pagina 150 do livro achei muita enrolação e não combinou com o subtítulo do livro. 
 "Um Romance engraçado e irreverente, uma história de amor..." Achei o livro cansativo, mais dramático que irreverente ou engraçado. Na verdade, o livro passa o sentido de amor próprio. O Jason passa por uma crise no amor, trabalho, amigos, quase uma crise existência. 

Ao adentrar na página 150,  o livro começa a revelar fatos constante, e a cada fato, entende-se a verdadeira história de Jason. Quem ele realmente é. 
A nova amiga surge nesse momento, a Abbey. Amizade sicera entre Homem e mulher, bonito de apreciar. E a amizade deles surgem naturalmente. Mas como todas as amizades existem altos e baixos. Não foi diferente com Jason e Abbey. 

Abbey é de Brighton e dar a entender que é mulher livre e bem humorada.
O final do livro é super interessante e tem uma bela lição de vida com as cabeçadas de Jason.  Sem mencionar que a Inglaterra é linda e muito bem explorada no livro. Entretanto, deixa a desejar na enrolação, narrativa cansativa, confusa. 




O QUE AMEI: Londres e  Londres.....tudo que vem da Inglaterra amo loucamente. Então listei os lugares, para quando eu visitare lembrar do livro
Lugares que se passa o livro:
-Goodge Street
-Charlotte Sreet
-snapoy Snaps na Charlotte Sreet
- Windmill Steeet
- Durham
- Greek Street
- Lose Women
- London Now (nome do jornal)
- chinatown
- Trafgar Square
- wetminster
- Hearh
- Waterstones
- cidades ou bairro: Swindon e Bosworth, alton Tower, Snaresbrook
- Rathbone Street (local em Londres)
- Crown & Anchor em Camberwell
- Rodney Place
- Phoenix - Charing Cross Road
- Swiss Cottage - rua Principe Albert
- The Good Mixer em Camden



Problemas

1. A narrativa, achei confusa. 
2. Muita enrolação para acontecer os fatos. O livro só desenrola mesmo depois da pagina 150
3. "Um romance engraçado e irreverente." - Estou procurando até agora. O Jason chega ser engraçado, mas achei mais drama que engraçado.
4. Final. Muito seco, pobre. Esperava muito mais
5. Ao comprar imaginei um tipo de romance, e encontrei outro. Um romance onde fala do amor próprio, isso me decepcionou bastante (mesmo no final aprendendo a lição do livro).

 RECOMENDO: Por se passa em Londres. 


Patrícia Brito

4 comentários:

  1. Sempre tive vontade de ler esse livro, porém agora antes de comprar irei pensar melhor. Adorei a resenha!

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lanny, foi uma leitura muito difícil, pois eu espera uma coisa e era outra. Mas possa ser que você goste, porque você vai preparada (rs). Obrigada pelo carinho de sempre. beijos

      Excluir
  2. Você falou tudo! Eu também esperava aquele tipo de romance bem água com açúcar e me decepcionei logo de início. Também pensei em desistir, mas também tenho a regra de não abandonar os livros na metade, só se for muito, muito ruim... Mas não costumo abandonar de jeito nenhum! rsrssr.
    Mas tem isso, o final surpreende literalmente, e quando penso no livro tenho a sensação de que as expectativas causadas pelo título, tiraram um pouco do mérito da história. Mas eu gostei muito do enredo em si... Amei tua resenha!
    Bjokas... entreumlivroe-outro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Anya. Quando fiz essa resenha fiquei com medo, porque foi o primeiro livro, que minha leitura foi difícil. Fiquei receosa de expor e as pessoas não entenderem. O livro não é ruim, mas é o que você falou, esperávamos um romance água com açúcar e deparamos com a crise do Jason, que no final tem uma bela lição. Ou seja, vale a pena ler, só vá preparado!!!

      Excluir


© BOLG DA MARY - 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: MARY DESGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo